De acordo com a publicação do jornal O Dia, a Confederação Brasileira de Futebol deu o seu veredito em uma reunião com clubes da Série A, B e C através de videoconferência. Na conversa, a entidade garantiu que o Brasileirão e também a Copa do Brasil serão disputadas, mesmo com a paralisação por conta da pandemia do coronavírus.

Na visão da cúpula da entidade máxima e que foi passado para os demais representantes dos clubes, ficou decidido que se o Brasileirão começar até o dia 1 de julho deste ano, há calendário suficiente em 2020 para disputar as 38 rodadas do certame nacional. Tanto pela Série A, quanto pela Série B e C do Campeonato Brasileiro.



Outros assuntos na conversa entre os dirigentes, alguns representantes de clubes também deixaram claro a insatisfação com a Confederação Brasileira de Futebol, usando as Federações do mundo afora, que se colocaram à disposição para ajudar os clubes. Por exemplo na Espanha, que estão ajudando alguns times que passam por problema financeiro.

Neste caso, o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, foi quem mais ponderou durante esse assunto e reclamou da falta de suporte da CBF, principalmente com as equipes com menos poder financeiro. Na análise do dirigente da equipe carioca e de outros times de outras divisões deveriam dar um apoio maior durante essa paralisação dos estaduais.








Site: MeuSport.