Reunião no Conselho Deliberativo do Sport apresenta proposta para reforma do estatuto
Página 1 de 2 12 ÚltimaÚltima
Mostrando resultados 1 até 25 de 26

Tópico: Reunião no Conselho Deliberativo do Sport apresenta proposta para reforma do estatuto

  1. #1
    Avatar de Nina Blue
    Administrador

    Status
    Offline
    Cadastro
    18-02-2011
    Localização
    ILHA DE LOST
    Posts
    9,272

    Padrão Reunião no Conselho Deliberativo do Sport apresenta proposta para reforma do estatuto

    Reunião no Conselho Deliberativo do Sport apresenta proposta para reforma do estatuto

    Não é apenas o Santa Cruz que pode passar por uma reforma no estatuto em Recife, mas o Sport também. Na noite desta terça-feira, o Conselho Deliberativo tem reunião para a apresentação de uma proposta de mudanças nas diretrizes estatutárias do clube. Em entrevista ao Superesportes, o vice-presidente do órgão, Ricardo de Sá Leitão, explicou que este encontro será algo ainda embrionário, sem votação, apenas uma amostra inicial do possível novo documento.
    "O texto-base foi encaminhado para os conselheiros para apresentação de emendas. Mas como nas sessões de janeiro tem muita gente de férias, não deve ter quórum suficiente para votar. O que temos programado é apresentar os principais destaques e quais são as mudanças de mais relevância", iniciou Ricardo.

    De acordo com Ricardo, a ideia é tentar fazer com que o estatuto do Leão seja mais democrático e moderno - tendo como base os textos vigente atualmente em times como Bahia, Flamengo e Grêmio, que recentemente passaram por mudanças.

    "Nossas inspirações primordiais foram a lei da responsabilidade fiscal, algumas referências sobre governância corporativa, transparência dentro de clube de futebol. Também tivemos o cuidado de examinar os estatutos mais modernos, que foram reformados recentemente e tomando como base algumas das novidades que eles apresentaram e tem dado certo. A gente também inspirou algumas dessas sugestões no nosso".

    Seguindo nessa meta de que seja mais democrático, o diretor afirmou que alguns dos tópicos foram propostos pelos próprios torcedores via e-mail institucional criado no ano passado para recebimento de sugestões.

    "Recebemos reivindicações com muita coisa interessante, como a representação de oposição no conselho para que não fique monolítico, totalmente comprometido politicamente com a gestão, para que haja pluralidade maior. Eleições serem passadas da segunda-feira para o sábado, porque quanto mais gente votando, legitima mais ainda o poder democrático", citou.

    Ricardo, ainda, fez questão de enfatizar que a reunião desta terça-feira está longe de ser algo definitivo e o objetivo justamente é o debate de ideias para chegar a um texto final mais heterogêneo possível.

    "Não temos vaidade de manter o texto como a gente propôs. Algumas coisas não eram sequer unanimidade dentro da comissão (que elaborou o texto-base). É uma proposta que a gente faz e os conselheiros vão acrescentar suas ideas, experiências. É para ter uma pluralidade de pensamento onde alguém enxergue o que não estava sendo enxergado antes".

    A proposta foi elaborada por um grupo de juristas e o conselho deliberativo ainda deve receber sucessivas reuniões para as ideias que tiverem sido acordadas serem levadas a uma assembleia geral de sócios e, caso novamente aprovada, serem encaminhadas ao cartório.

    CONFIRA AS PRINCIPAIS PROPOSTAS E AS DECLARAÇÕES DE RICARDO ACERCA DE CADA UMA

    - Punições mais rigorosas para gestões temerárias: "Responsabilidade pessoal do dirigente por culpa grave ou dolo".

    - Participação da oposição no conselho: "Fiscalizar mais de perto a gestão, fazer um contraponto para que a chapa de situação não fique na zona de conforto. Quanto mais atuante o conselho, menor a possibilidade de desmando".

    - Portal de transparência enquanto compromisso estatutário: "Deixa de ser conveniência da gestão divulgar informações e passa a ser uma obrigação de qualquer um que sente na cadeira de presidência e diretores dar essa satisfação à torcida".

    - Proibição expressa do conflito de interesse: "Ser diretor do clube e ao mesmo tempo ser dirigente de outra agremiação


    PST!

  2. #2
    Avatar de Cicero Marques Feitosa
    Sênior

    Status
    Offline
    Cadastro
    06-12-2006
    Localização
    Bem Perto da Ilha.
    Posts
    50,969

    Padrão

    Acho muito difícil o Estatuto do Club sai, muitos que o Club dessa Forma; para poder fazer o que quer e bem entende, só quem pode mudar esse Quadro é os Sócios e torcedores, Obrigando a todos mudar de Ideia o Estatuto do Club, não pagando ás Mensalidades, e deixando o Club a vê Navios, fazendo isso, não tem como todos não mudar de Ideia Rapidinho com o Club sem sua torcida em Massa.

  3. #3
    Avatar de Windsor Junior
    Sênior

    Status
    Offline
    Cadastro
    25-05-2005
    Localização
    Recife
    Posts
    48,282

    Padrão

    Boas medidas...conversei não só com Ricardinho sobre essa mudança no Conselho, como também, com Antônio, integrante da área jurídica do clube que, trabalha com meu amigo de longas datas, Marquinhos Cabral que inclusive, mais pra frente, estaria sendo um nome forte pra assumir o clube, segundo alguns, mas, numas conversas que tive, parece que Marquinhos desistiu dessa ideia...vamos aguardar...
    Enfim, hoje, pra mim, é primordial que se acabe com essa maioria de conselheiros ligados ao presidente eleito...tem que haver uma oposição forte, porém, sem politicagens...preocupando-se apenas em fiscalizar a gestão, propondo ideias e melhoramentos naquilo que pode estar errado...
    Assim, haverá um maior controle sobre possíveis desmandos deste ou daquele dirigente...
    Vamos torcer que as coisas caminhem na direção correta e que se possa, realmente, modificar esse Estatuto...
    Sds
    Última edição por Windsor Junior; 14-01-2020 às 15:02

  4. #4
    Avatar de Cicero Marques Feitosa
    Sênior

    Status
    Offline
    Cadastro
    06-12-2006
    Localização
    Bem Perto da Ilha.
    Posts
    50,969

    Padrão

    Citação Postado Originalmente por Windsor Junior Ver Post
    Boas medidas...conversei não só com Ricardinho sobre essa mudança no Conselho, como também, com Antônio, integrante da área jurídica do clube, peladeiro dos bons rss...que trabalha com meu amigo de longas datas, Marquinhos Cabral que, mais pra frente, estaria sendo um nome forte pra assumir o clube, segundo alguns, mas, numas conversas que tive, parece que Marquinhos desistiu dessa ideia...
    Enfim, hoje, pra mim, é primordial que se acabe com essa maioria de conselheiros ligados ao presidente eleito...tem que haver uma oposição forte, porém, sem politicagens...preocupando-se apenas em fiscalizar a gestão, propondo ideias e melhoramentos naquilo que pode estar errado...
    Assim, haverá um maior controle sobre possíveis desmandos deste ou daquele dirigente...
    Vamos torcer que as coisas caminhem na direção correta e que se possa, realmente, modificar esse Estatuto...
    Sds




    tu vai vê muitos dos votantes dizer não, já tentaram outras vezes sem Sucesso.
    Sds.

  5. #5
    Avatar de Windsor Junior
    Sênior

    Status
    Offline
    Cadastro
    25-05-2005
    Localização
    Recife
    Posts
    48,282

    Padrão

    Citação Postado Originalmente por Cicero Marques Feitosa Ver Post
    tu vai vê muitos dos votantes dizer não, já tentaram outras vezes sem Sucesso.
    Sds.

    As mudanças são necessárias e hoje, vejo a torcida bem mais consciente nesse sentido...
    Sds

  6. #6
    Profissional

    Status
    Offline
    Cadastro
    10-09-2018
    Posts
    1,479

    Padrão

    Ricardo Sá Leitão, um grande rubronegro e uma pessoa seríssima, é o que o Sport mais precisa, uma mudança profunda e urgente no estatuto.

  7. #7
    Avatar de Cicero Marques Feitosa
    Sênior

    Status
    Offline
    Cadastro
    06-12-2006
    Localização
    Bem Perto da Ilha.
    Posts
    50,969

    Padrão

    Citação Postado Originalmente por Windsor Junior Ver Post
    As mudanças são necessárias e hoje, vejo a torcida bem mais consciente nesse sentido...
    Sds


    Sim!! desde que pegue Pesado com os dirigentes do Club, que não quer Mudanças. desde 1982 pra cá, que tentaram mudar o Estatuto sem Sucesso. e você sabe disso!!
    Sds.
    Sds.

  8. #8
    Avatar de Charles Abreu
    Juniores

    Status
    Offline
    Cadastro
    09-11-2005
    Localização
    Fortaleza
    Posts
    825

    Padrão

    O problema é que ou muda, ou quem vai pra o brejo não é a vaca e sim o leão. Compreende, caro chapolim? Ao menos pra alguma coisa serviu nosso histórico retrô: pra acordar e fazer as pessoas abrirem os olhos!

  9. #9
    Avatar de Cicero Marques Feitosa
    Sênior

    Status
    Offline
    Cadastro
    06-12-2006
    Localização
    Bem Perto da Ilha.
    Posts
    50,969

    Padrão

    Citação Postado Originalmente por Charles Abreu Ver Post
    O problema é que ou muda, ou quem vai pra o brejo não é a vaca e sim o leão. Compreende, caro chapolim? Ao menos pra alguma coisa serviu nosso histórico retrô: pra acordar e fazer as pessoas abrirem os olhos!



    quando tu fala do Retrô é falando do novo Club que os Ex: dirigentes do Sport abriu no Nordeste?
    Sds.

  10. #10
    Avatar de Charles Abreu
    Juniores

    Status
    Offline
    Cadastro
    09-11-2005
    Localização
    Fortaleza
    Posts
    825

    Padrão

    Lógico, ò honorável futebolístico espírito chapolínico!

  11. #11
    Avatar de Thomasfd
    Veterano

    Status
    Offline
    Cadastro
    18-02-2011
    Localização
    São Paulo
    Posts
    5,650

    Padrão

    Se não for aproveitada a oportunidade para fazer algo SEVERO nesse estatuto, como impor condições do tipo:

    PROIBIDO ANTECIPAR COTA;
    PROIBIDO GASTAR MAIS DO QUE O ORÇAMENTO ATUAL (SEM ANTECIPAR RECEITA INCERTA);
    PROIBIDO ATRASAR SALÁRIO COM DINHEIRO EM CAIXA; Bem como usar as quantias futuras (quando entrarem nos cofres) para quaisquer finalidades que não sejam PAGAR JOGADORES ATRASADOS/EM ABERTO;

    A verdade é que o club deveria trabalhar com o dinheiro em caixa e não ficar contando com ovo de galinha que nem se sabe se é estéril ainda.


    TEM QUE PUNIR dirigente que faz loucura por jogador lixo, vide pagar fortunas para michel bastos, wesley e rafael marques da vida... fingindo que tão fazendo um bom trabalho pq o jogador já teve nome há + de 5 anos.

    Se as nossas leis internas não forem RÍGIDAS em critérios OBJETIVOS (orçamento é questão objetiva), nós nunca acabaremos com esse risco cancerígeno chamado dirigente irresponsável (pode chamar de gestão anterior se quiserem, caberia).
    Última edição por Thomasfd; 14-01-2020 às 19:32
    PST!!
    Thomas Diniz

  12. #12
    Avatar de Cicero Marques Feitosa
    Sênior

    Status
    Offline
    Cadastro
    06-12-2006
    Localização
    Bem Perto da Ilha.
    Posts
    50,969

    Padrão

    Citação Postado Originalmente por Charles Abreu Ver Post
    Lógico, ò honorável futebolístico espírito chapolínico!



    tu viu a Estrutura deles? se Brincar é igual há do Sport.
    Sds.

  13. #13
    Profissional

    Status
    Offline
    Cadastro
    12-05-2017
    Posts
    1,510

    Padrão

    o que estao fazendo pra reparar o estrago ja feito pelos meliantes que saquearam os cofres do clube ?

  14. #14
    Avatar de Hugo L. Souza
    Profissional

    Status
    Offline
    Cadastro
    22-12-2007
    Localização
    Candeias- Jaboatão-PE
    Posts
    2,803

    Padrão

    Citação Postado Originalmente por Windsor Junior Ver Post
    Boas medidas...conversei não só com Ricardinho sobre essa mudança no Conselho, como também, com Antônio, integrante da área jurídica do clube que, trabalha com meu amigo de longas datas, Marquinhos Cabral que inclusive, mais pra frente, estaria sendo um nome forte pra assumir o clube, segundo alguns, mas, numas conversas que tive, parece que Marquinhos desistiu dessa ideia...vamos aguardar...
    Enfim, hoje, pra mim, é primordial que se acabe com essa maioria de conselheiros ligados ao presidente eleito...tem que haver uma oposição forte, porém, sem politicagens...preocupando-se apenas em fiscalizar a gestão, propondo ideias e melhoramentos naquilo que pode estar errado...
    Assim, haverá um maior controle sobre possíveis desmandos deste ou daquele dirigente...
    Vamos torcer que as coisas caminhem na direção correta e que se possa, realmente, modificar esse Estatuto...
    Sds
    Tio Wind, quais seriam os impedimentos para tal mudança? Viria da posição? Ou dos sócios?

    Seria mediante assembleia geral... Votação?

  15. #15
    Juniores

    Status
    Offline
    Cadastro
    15-01-2016
    Posts
    279

    Padrão

    As mudanças têm que acontecer o mais urgente possível! Vimos, há pouco tempo, como dirigentes irresponsáveis podem jogar um clube como o Sport na lama. Tenho muito receio do que ainda está por vir...

  16. #16
    Avatar de Cicero Marques Feitosa
    Sênior

    Status
    Offline
    Cadastro
    06-12-2006
    Localização
    Bem Perto da Ilha.
    Posts
    50,969

    Padrão

    o dinheiro do Sport foi dividido em Partes, uma foi para o Club Retrô, a outra para o Shopping de Arnado Barros, o Camaro Amarelo que a CBF deu ao Sport para o Club votar no Bandido na época que era o Presidente da CBF Marco Polo Del Nero. ninguém sabe onde o Carro foi parar até hoje. não sei o que Martorelli montou, com a grana que pegou.

  17. #17
    Avatar de Windsor Junior
    Sênior

    Status
    Offline
    Cadastro
    25-05-2005
    Localização
    Recife
    Posts
    48,282

    Padrão

    Citação Postado Originalmente por Hugo L. Souza Ver Post
    Tio Wind, quais seriam os impedimentos para tal mudança? Viria da posição? Ou dos sócios?

    Seria mediante assembleia geral... Votação?

    Huguinho, não tenho bem certeza sobre como se daria essa sequência, mas, que eu me lembre, participei de uma votação para uma mudança no Estatuto do clube, só não me lembro bem o assunto...foi algo polêmico...os sócios foram votar, inclusive, se você observar meu avatar, estou na foto com o mito Homero Lacerda e meu grande amigo Aljohn, tirada à noite, na votação...
    Vamos aguardar, até porque Ricardo disse que não vai se nada pra agora...haverá muitas discussões em cima dessas mudanças e, a do Estatuto do clube, com certeza, será a mais complicada nesse processo todo...
    Abraço.

  18. #18
    Avatar de Cicero Marques Feitosa
    Sênior

    Status
    Offline
    Cadastro
    06-12-2006
    Localização
    Bem Perto da Ilha.
    Posts
    50,969

    Padrão

    Citação Postado Originalmente por Windsor Junior Ver Post
    Huguinho, não tenho bem certeza sobre como se daria essa sequência, mas, que eu me lembre, participei de uma votação para uma mudança no Estatuto do clube, só não me lembro bem o assunto...foi algo polêmico...os sócios foram votar, inclusive, se você observar meu avatar, estou na foto com o mito Homero Lacerda e meu grande amigo Aljohn, tirada à noite, na votação...
    Vamos aguardar, até porque Ricardo disse que não vai se nada pra agora...haverá muitas discussões em cima dessas mudanças e, a do Estatuto do clube, com certeza, será a mais complicada nesse processo todo...
    Abraço.




    será Michael Jackson disfarçado de Homero Lacerda!! é por isso que Homero Lacerda só Canta a Musica Thriller.
    Sds.

  19. #19
    Profissional

    Status
    Offline
    Cadastro
    09-05-2013
    Posts
    2,071

    Padrão

    Qualquer mudança de estatuto só pode ser feita via Assembleia Geral, o conselho propõe as mudanças, convoca a assembleia e os sócios decidem se aprovam ou não.

    Os sócios também podem propor mudanças via assembleia geral, porém como a convocação da assembleia e via conselho, se o conselho não convocar a assembleia, não vai mudar nada.
    Última edição por Gustavo H; 15-01-2020 às 19:54

  20. #20
    Avatar de Hugo L. Souza
    Profissional

    Status
    Offline
    Cadastro
    22-12-2007
    Localização
    Candeias- Jaboatão-PE
    Posts
    2,803

    Padrão

    Citação Postado Originalmente por Windsor Junior Ver Post
    Huguinho, não tenho bem certeza sobre como se daria essa sequência, mas, que eu me lembre, participei de uma votação para uma mudança no Estatuto do clube, só não me lembro bem o assunto...foi algo polêmico...os sócios foram votar, inclusive, se você observar meu avatar, estou na foto com o mito Homero Lacerda e meu grande amigo Aljohn, tirada à noite, na votação...
    Vamos aguardar, até porque Ricardo disse que não vai se nada pra agora...haverá muitas discussões em cima dessas mudanças e, a do Estatuto do clube, com certeza, será a mais complicada nesse processo todo...
    Abraço.
    Beleza? Obrigado Tio.

    Abraço.

  21. #21
    Avatar de Hugo L. Souza
    Profissional

    Status
    Offline
    Cadastro
    22-12-2007
    Localização
    Candeias- Jaboatão-PE
    Posts
    2,803

    Padrão

    Citação Postado Originalmente por Gustavo H Ver Post
    Qualquer mudança de estatuto só pode ser feita via Assembleia Geral, o conselho propõe as mudanças, convoca a assembleia e os sócios decidem se aprovam ou não.

    Os sócios também podem propor mudanças via assembleia geral, porém como a convocação da assembleia e via conselho, se o conselho não convocar a assembleia, não vai mudar nada.
    Boa Gustavo... Vamos aguardar que tudo seja de fato ajustado!

  22. #22
    Avatar de Cicero Marques Feitosa
    Sênior

    Status
    Offline
    Cadastro
    06-12-2006
    Localização
    Bem Perto da Ilha.
    Posts
    50,969

    Padrão

    Citação Postado Originalmente por Hugo L. Souza Ver Post
    Boa Gustavo... Vamos aguardar que tudo seja de fato ajustado!


    isso é Briga de PitBull.

  23. #23
    Avatar de Nina Blue
    Administrador

    Status
    Offline
    Cadastro
    18-02-2011
    Localização
    ILHA DE LOST
    Posts
    9,272

    Padrão

    Atualizando!

    Conselho Deliberativo teve a primeira reunião, para apresentação da proposta, na última terça-feira, e ainda deve discutir o texto do projeto para iniciar a votação

    Seguindo a linha dos textos vigentes em clubes como Bahia e Flamengo, uma comissão formada por 12 membros - em sua maioria juristas - apresentou uma proposta de mudança no estatuto do Sport na reunião do Conselho Deliberativo, na última terça-feira. Ainda em processo de discussão, a iniciativa, de acordo com o integrante da comissão propositiva e vice-presidente do Conselho, Ricardo de Sá Leitão, tem por objetivo modernizar, democratizar a política interna do clube e assegurar o zelo com o patrimônio do Sport.

    “Para evitar situações como a que aconteceu no Sport e ainda está acontecendo agora. Uma gestão inconsequente com patrimônio, que não foi zelosa em manter nossa saúde financeira. Queremos um estatuto que modernize o clube e previna momentos difíceis.”

    Após a apresentação, o Conselho Deliberativo voltará a discutir a proposta na próxima reunião, no dia 11 de fevereiro. Os encontros acontecem sempre na segunda terça-feira do mês. Caso a votação seja iniciada, há a possibilidade de o Conselho convocar uma sessão extraordinária antes do mês seguinte, para finalizar a votação. Se aprovado, o estatuto será levado a uma assembleia geral de sócios - da qual podem participar todos os adimplentes com ao menos um ano de vínculo - para a decisão definitiva.


    A ideia principal da reforma é atualizar o estatuto do Rubro-negro, seguindo não somente as ideias de outros clubes que passaram por processos de atualização, como também para passar a seguir os princípios do Programa de Modernização da Gestão de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut). A lei do Profut, sancionada em 2015, tem por objetivo garantir que os clubes cumpram com suas responsabilidades financeiras e trabalhistas.

    Entre os principais tópicos abordados pela reforma, estão:

    1. A implementação de punições mais rigorosas para gestões temerárias financeiramente
    2. Participação da oposição no Conselho Deliberativo, para que haja uma fiscalização mais próxima da gestão
    3. Tornar desnecessária a convocação de uma assembleia geral para que um presidente seja processado
    4. Publicações no Portal de transparência como compromisso no estatuto
    5. Mecanismos para limitação da antecipação de receitas
    6. Proibir o executivo de retirar o clube de competições sem que haja autorização do Conselho
    7. Tornar obrigatório que a gestão que sai, abra o clube para um processo de transição com a gestão seguinte
    8. Criação de cargos remunerados e que tenham dedicação exclusiva para presidente e vice do executivo
    9. Aumentar o tempo de mandato do presidente de dois para três anos, mas com a possibilidade de apenas uma reeleição
    10. Antecipar as eleições da segunda quinzena de dezembro para segunda quinzena de novembro, e transferir a votação para o fim de semana
    11. O Estatuto também demandará a criação de um Código de Conduta, mas antecipa que infrações disciplinares e associadas a atos discriminatórios estarão sujeitas a punições ainda a ser discutidas.




    Quem propõe

    Inicialmente constituída por 13 membros, a comissão foi criada no início do ano passado e começou com o ex-presidente do Conselho de Beneméritos, Arsênio Meira, à frente da reforma. Ainda em 2019, porém, o ex-mandatário afastou-se da comissão - assim como o conselheiro Adilson Castello Branco - e Ricardo de Sá Leitão assumiu o posto de presidir a reforma. Atualmente, 11 nomes integram o grupo, entre membros da gestão executiva e oposição.
    Para a elaboração da proposta, o grupo se dividiu em sub-comissões, que elaboraram as propostas individualmente para uma posterior discussão geral. Foram elas: governança corporativa, compliance e responsabilidade fiscal; organograma do clube e funções competentes; e, por fim, questões de sócios e patrimônio. Nestas sub-comissões, além do vice-presidente do Conselho, fazem parte: Antônio Santos, Bruno Loureiro Batista, Aristide Batista, Etério Galvão, Emmanuel Gayoso (Assessor Especial da Presidência), Marcos Cabral Júnior, Manoel Flávio Aquino (Diretor Jurídico do Leão), Pedro Leonardo Lacerda, Leonardo Cruz e Eden Vespasiano. Três fazem parte da atual diretoria gestora do clube.
    Apesar do trabalho ser conduzido pelo Conselho, de acordo com Ricardo de Sá, desde o ano passado a comissão tem recebido sugestões de sócios para as medidas implementadas na reforma. Para o vice-presidente, o levantamento foi determinante para que fosse possível captar os desejos dos sócios do Rubro-negro.
    - Conseguimos se não receber sugestões tecnicamente prontas, mas captar qual o espírito da torcida. O associado hoje não consegue mais conviver com essa cultura de feudalização do Sport. De perpetuação de poder. Pensamos em preparar o clube para se vier um mau gestor, irresponsável, o que vai poder fazer, que tipo de fiscalização vai ter. A ideia é ter uma representação da oposição dentro do Conselho, porque só quem ganhava a eleição do conselho era a situação, e estava se tornando um órgão ideologicamente muito homogêneo.


    A dúvida no Conselho de Administração

    De acordo com o vice-presidente, o maior objeto de dúvida na discussão é a proposta de implementação de um quarto poder no clube: o Conselho de Administração. O órgão, inclusive, existe no Santa Cruz, que também conversa sobre uma mudança de estatuto. No Tricolor, o órgão delibera sobre o planejamento estratégico do clube e levanta dúvidas por ser apontado como poder de maior influência política. No Sport, por sua vez, este conselho teria por obrigação orientar e fiscalizar a administração do Rubro-negro, supervisionando a gestão do patrimônio e também o cumprimento das disposições legais e estatutárias.
    A ideia, de acordo com o vice-presidente, é de que o órgão funcione de forma independente e que possa orientar a atuação da diretoria executiva do clube. A princípio, foi pensado numa formatação composta por ex-presidentes. O que é possível que seja mantido, mas numa quantidade menor do que o projetado inicialmente pela comissão.
    "Alguns conselheiros se mostraram que não tem interesse, porque pode gerar conflito de atribuições com o Conselho Deliberativo e com a direção executiva. A ideia é ter um órgão para a estar observando o cumprimento do código do clube. Estamos refletindo sobre três pontos: será útil ter? Existindo, qual seria a composição ideal? E qual seria a função ideal?"


    PST!



  24. #24
    Avatar de Marcelo Uchôa
    Sênior

    Status
    Offline
    Cadastro
    15-01-2010
    Posts
    13,565

    Padrão

    Citação Postado Originalmente por Nina Blue Ver Post
    Atualizando!

    Conselho Deliberativo teve a primeira reunião, para apresentação da proposta, na última terça-feira, e ainda deve discutir o texto do projeto para iniciar a votação

    Seguindo a linha dos textos vigentes em clubes como Bahia e Flamengo, uma comissão formada por 12 membros - em sua maioria juristas - apresentou uma proposta de mudança no estatuto do Sport na reunião do Conselho Deliberativo, na última terça-feira. Ainda em processo de discussão, a iniciativa, de acordo com o integrante da comissão propositiva e vice-presidente do Conselho, Ricardo de Sá Leitão, tem por objetivo modernizar, democratizar a política interna do clube e assegurar o zelo com o patrimônio do Sport.

    “Para evitar situações como a que aconteceu no Sport e ainda está acontecendo agora. Uma gestão inconsequente com patrimônio, que não foi zelosa em manter nossa saúde financeira. Queremos um estatuto que modernize o clube e previna momentos difíceis.”

    Após a apresentação, o Conselho Deliberativo voltará a discutir a proposta na próxima reunião, no dia 11 de fevereiro. Os encontros acontecem sempre na segunda terça-feira do mês. Caso a votação seja iniciada, há a possibilidade de o Conselho convocar uma sessão extraordinária antes do mês seguinte, para finalizar a votação. Se aprovado, o estatuto será levado a uma assembleia geral de sócios - da qual podem participar todos os adimplentes com ao menos um ano de vínculo - para a decisão definitiva.


    A ideia principal da reforma é atualizar o estatuto do Rubro-negro, seguindo não somente as ideias de outros clubes que passaram por processos de atualização, como também para passar a seguir os princípios do Programa de Modernização da Gestão de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut). A lei do Profut, sancionada em 2015, tem por objetivo garantir que os clubes cumpram com suas responsabilidades financeiras e trabalhistas.

    Entre os principais tópicos abordados pela reforma, estão:

    1. A implementação de punições mais rigorosas para gestões temerárias financeiramente
    2. Participação da oposição no Conselho Deliberativo, para que haja uma fiscalização mais próxima da gestão
    3. Tornar desnecessária a convocação de uma assembleia geral para que um presidente seja processado
    4. Publicações no Portal de transparência como compromisso no estatuto
    5. Mecanismos para limitação da antecipação de receitas
    6. Proibir o executivo de retirar o clube de competições sem que haja autorização do Conselho
    7. Tornar obrigatório que a gestão que sai, abra o clube para um processo de transição com a gestão seguinte
    8. Criação de cargos remunerados e que tenham dedicação exclusiva para presidente e vice do executivo
    9. Aumentar o tempo de mandato do presidente de dois para três anos, mas com a possibilidade de apenas uma reeleição
    10. Antecipar as eleições da segunda quinzena de dezembro para segunda quinzena de novembro, e transferir a votação para o fim de semana
    11. O Estatuto também demandará a criação de um Código de Conduta, mas antecipa que infrações disciplinares e associadas a atos discriminatórios estarão sujeitas a punições ainda a ser discutidas.




    Quem propõe

    Inicialmente constituída por 13 membros, a comissão foi criada no início do ano passado e começou com o ex-presidente do Conselho de Beneméritos, Arsênio Meira, à frente da reforma. Ainda em 2019, porém, o ex-mandatário afastou-se da comissão - assim como o conselheiro Adilson Castello Branco - e Ricardo de Sá Leitão assumiu o posto de presidir a reforma. Atualmente, 11 nomes integram o grupo, entre membros da gestão executiva e oposição.
    Para a elaboração da proposta, o grupo se dividiu em sub-comissões, que elaboraram as propostas individualmente para uma posterior discussão geral. Foram elas: governança corporativa, compliance e responsabilidade fiscal; organograma do clube e funções competentes; e, por fim, questões de sócios e patrimônio. Nestas sub-comissões, além do vice-presidente do Conselho, fazem parte: Antônio Santos, Bruno Loureiro Batista, Aristide Batista, Etério Galvão, Emmanuel Gayoso (Assessor Especial da Presidência), Marcos Cabral Júnior, Manoel Flávio Aquino (Diretor Jurídico do Leão), Pedro Leonardo Lacerda, Leonardo Cruz e Eden Vespasiano. Três fazem parte da atual diretoria gestora do clube.
    Apesar do trabalho ser conduzido pelo Conselho, de acordo com Ricardo de Sá, desde o ano passado a comissão tem recebido sugestões de sócios para as medidas implementadas na reforma. Para o vice-presidente, o levantamento foi determinante para que fosse possível captar os desejos dos sócios do Rubro-negro.
    - Conseguimos se não receber sugestões tecnicamente prontas, mas captar qual o espírito da torcida. O associado hoje não consegue mais conviver com essa cultura de feudalização do Sport. De perpetuação de poder. Pensamos em preparar o clube para se vier um mau gestor, irresponsável, o que vai poder fazer, que tipo de fiscalização vai ter. A ideia é ter uma representação da oposição dentro do Conselho, porque só quem ganhava a eleição do conselho era a situação, e estava se tornando um órgão ideologicamente muito homogêneo.


    A dúvida no Conselho de Administração

    De acordo com o vice-presidente, o maior objeto de dúvida na discussão é a proposta de implementação de um quarto poder no clube: o Conselho de Administração. O órgão, inclusive, existe no Santa Cruz, que também conversa sobre uma mudança de estatuto. No Tricolor, o órgão delibera sobre o planejamento estratégico do clube e levanta dúvidas por ser apontado como poder de maior influência política. No Sport, por sua vez, este conselho teria por obrigação orientar e fiscalizar a administração do Rubro-negro, supervisionando a gestão do patrimônio e também o cumprimento das disposições legais e estatutárias.
    A ideia, de acordo com o vice-presidente, é de que o órgão funcione de forma independente e que possa orientar a atuação da diretoria executiva do clube. A princípio, foi pensado numa formatação composta por ex-presidentes. O que é possível que seja mantido, mas numa quantidade menor do que o projetado inicialmente pela comissão.
    "Alguns conselheiros se mostraram que não tem interesse, porque pode gerar conflito de atribuições com o Conselho Deliberativo e com a direção executiva. A ideia é ter um órgão para a estar observando o cumprimento do código do clube. Estamos refletindo sobre três pontos: será útil ter? Existindo, qual seria a composição ideal? E qual seria a função ideal?"


    PST!


    Sou completamente contrário a esse Conselho de Administração e, até onde sei, alguns torcedores do Santa Cruz estão lutando pra tirar isso de lá.

  25. #25
    Avatar de Rafael Ferraz
    Profissional

    Status
    Offline
    Cadastro
    17-12-2008
    Localização
    Recife - PE
    Posts
    2,507

    Padrão

    Citação Postado Originalmente por Nina Blue Ver Post
    Atualizando!

    Conselho Deliberativo teve a primeira reunião, para apresentação da proposta, na última terça-feira, e ainda deve discutir o texto do projeto para iniciar a votação

    Seguindo a linha dos textos vigentes em clubes como Bahia e Flamengo, uma comissão formada por 12 membros - em sua maioria juristas - apresentou uma proposta de mudança no estatuto do Sport na reunião do Conselho Deliberativo, na última terça-feira. Ainda em processo de discussão, a iniciativa, de acordo com o integrante da comissão propositiva e vice-presidente do Conselho, Ricardo de Sá Leitão, tem por objetivo modernizar, democratizar a política interna do clube e assegurar o zelo com o patrimônio do Sport.

    “Para evitar situações como a que aconteceu no Sport e ainda está acontecendo agora. Uma gestão inconsequente com patrimônio, que não foi zelosa em manter nossa saúde financeira. Queremos um estatuto que modernize o clube e previna momentos difíceis.”

    Após a apresentação, o Conselho Deliberativo voltará a discutir a proposta na próxima reunião, no dia 11 de fevereiro. Os encontros acontecem sempre na segunda terça-feira do mês. Caso a votação seja iniciada, há a possibilidade de o Conselho convocar uma sessão extraordinária antes do mês seguinte, para finalizar a votação. Se aprovado, o estatuto será levado a uma assembleia geral de sócios - da qual podem participar todos os adimplentes com ao menos um ano de vínculo - para a decisão definitiva.


    A ideia principal da reforma é atualizar o estatuto do Rubro-negro, seguindo não somente as ideias de outros clubes que passaram por processos de atualização, como também para passar a seguir os princípios do Programa de Modernização da Gestão de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut). A lei do Profut, sancionada em 2015, tem por objetivo garantir que os clubes cumpram com suas responsabilidades financeiras e trabalhistas.

    Entre os principais tópicos abordados pela reforma, estão:

    1. A implementação de punições mais rigorosas para gestões temerárias financeiramente
    2. Participação da oposição no Conselho Deliberativo, para que haja uma fiscalização mais próxima da gestão
    3. Tornar desnecessária a convocação de uma assembleia geral para que um presidente seja processado
    4. Publicações no Portal de transparência como compromisso no estatuto
    5. Mecanismos para limitação da antecipação de receitas
    6. Proibir o executivo de retirar o clube de competições sem que haja autorização do Conselho
    7. Tornar obrigatório que a gestão que sai, abra o clube para um processo de transição com a gestão seguinte
    8. Criação de cargos remunerados e que tenham dedicação exclusiva para presidente e vice do executivo
    9. Aumentar o tempo de mandato do presidente de dois para três anos, mas com a possibilidade de apenas uma reeleição
    10. Antecipar as eleições da segunda quinzena de dezembro para segunda quinzena de novembro, e transferir a votação para o fim de semana
    11. O Estatuto também demandará a criação de um Código de Conduta, mas antecipa que infrações disciplinares e associadas a atos discriminatórios estarão sujeitas a punições ainda a ser discutidas.




    Quem propõe

    Inicialmente constituída por 13 membros, a comissão foi criada no início do ano passado e começou com o ex-presidente do Conselho de Beneméritos, Arsênio Meira, à frente da reforma. Ainda em 2019, porém, o ex-mandatário afastou-se da comissão - assim como o conselheiro Adilson Castello Branco - e Ricardo de Sá Leitão assumiu o posto de presidir a reforma. Atualmente, 11 nomes integram o grupo, entre membros da gestão executiva e oposição.
    Para a elaboração da proposta, o grupo se dividiu em sub-comissões, que elaboraram as propostas individualmente para uma posterior discussão geral. Foram elas: governança corporativa, compliance e responsabilidade fiscal; organograma do clube e funções competentes; e, por fim, questões de sócios e patrimônio. Nestas sub-comissões, além do vice-presidente do Conselho, fazem parte: Antônio Santos, Bruno Loureiro Batista, Aristide Batista, Etério Galvão, Emmanuel Gayoso (Assessor Especial da Presidência), Marcos Cabral Júnior, Manoel Flávio Aquino (Diretor Jurídico do Leão), Pedro Leonardo Lacerda, Leonardo Cruz e Eden Vespasiano. Três fazem parte da atual diretoria gestora do clube.
    Apesar do trabalho ser conduzido pelo Conselho, de acordo com Ricardo de Sá, desde o ano passado a comissão tem recebido sugestões de sócios para as medidas implementadas na reforma. Para o vice-presidente, o levantamento foi determinante para que fosse possível captar os desejos dos sócios do Rubro-negro.
    - Conseguimos se não receber sugestões tecnicamente prontas, mas captar qual o espírito da torcida. O associado hoje não consegue mais conviver com essa cultura de feudalização do Sport. De perpetuação de poder. Pensamos em preparar o clube para se vier um mau gestor, irresponsável, o que vai poder fazer, que tipo de fiscalização vai ter. A ideia é ter uma representação da oposição dentro do Conselho, porque só quem ganhava a eleição do conselho era a situação, e estava se tornando um órgão ideologicamente muito homogêneo.


    A dúvida no Conselho de Administração

    De acordo com o vice-presidente, o maior objeto de dúvida na discussão é a proposta de implementação de um quarto poder no clube: o Conselho de Administração. O órgão, inclusive, existe no Santa Cruz, que também conversa sobre uma mudança de estatuto. No Tricolor, o órgão delibera sobre o planejamento estratégico do clube e levanta dúvidas por ser apontado como poder de maior influência política. No Sport, por sua vez, este conselho teria por obrigação orientar e fiscalizar a administração do Rubro-negro, supervisionando a gestão do patrimônio e também o cumprimento das disposições legais e estatutárias.
    A ideia, de acordo com o vice-presidente, é de que o órgão funcione de forma independente e que possa orientar a atuação da diretoria executiva do clube. A princípio, foi pensado numa formatação composta por ex-presidentes. O que é possível que seja mantido, mas numa quantidade menor do que o projetado inicialmente pela comissão.
    "Alguns conselheiros se mostraram que não tem interesse, porque pode gerar conflito de atribuições com o Conselho Deliberativo e com a direção executiva. A ideia é ter um órgão para a estar observando o cumprimento do código do clube. Estamos refletindo sobre três pontos: será útil ter? Existindo, qual seria a composição ideal? E qual seria a função ideal?"


    PST!


    Acho que no tópico 8 seria interessante determinar o salário a ser gasto. Enquanto no ponto 10 poderia colocar na primeira quinzena de dezembro, pois em novembro sempre estaremos com competições em andamento.

Tópicos Similares

  1. Reunião do Conselho Deliberativo
    By Marcos Zona Norte in forum Sport
    Respostas: 31
    Última Mensagem: 13-01-2016, 08:26
  2. Conselho deliberativo aprova novo estatuto
    By Julio César (Shinoda) in forum Sport
    Respostas: 17
    Última Mensagem: 17-10-2012, 22:00
  3. Chegando da reunião do Conselho Deliberativo
    By Toni Falcão in forum Sport
    Respostas: 51
    Última Mensagem: 13-08-2009, 06:50
  4. Reunião do Conselho Deliberativo amanhã!
    By Toni Falcão in forum Sport
    Respostas: 2
    Última Mensagem: 10-08-2009, 15:07
  5. Reunião do Conselho Deliberativo
    By Joseph Lenin Rodrigues in forum Sport
    Respostas: 6
    Última Mensagem: 15-02-2008, 11:55

Regras para Posts

  • Você não pode postar novos tópicos
  • Você não pode postar respostas
  • Você não pode postar anexos
  • Você não pode editar seus posts
  •