Os jogadores do sport precisam participar e não assistir o jogo de dentro de campo. O exemplo que dou é no lance do primeiro gol do botafogo, onde Gabriel (acho que era ele /camisa 30?) ao invés de tá marcando o jogador, atento pra vê quem estava sozinho naquele lance, ele fica atento onde estava a bola naquele momento. Quando a bola foi cruzada, o cara cabeceou sozinho. Espero que o Eduardo ligue o 220v desses caras nessa semana de trabalho. Não consigo culpar só o treinador, num lance desse o jogador tem toda a culpa.