Presidente da Federação abre o jogo sobre o futuro do Campeonato Pernambucano