CBF nega interferência política em possível retorno do futebol no Brasil