Presidente da Fifa garante não saber quando o futebol poderá ser retomado