Presidente foi absolvido pelo STJD