Leão foi punido pela CNRD há um mês e corre contra o tempo para inscrever atletas a tempo da estreia; no último sábado, Bivar projetou acordo até quarta.


Por conta de dívidas junto a Mark González, o Sport foi punido pela Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) de inscrever jogadores no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. Para tentar se desvencilhar da punição enquanto negocia o pagamento dos débitos do chileno, o Leão entrou com um pedido liminar no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) contra a federação para poder efetuar registro dos atletas.


Entretanto, na noite desta segunda-feira, o pedido rubro-negro acabou indeferido pelo desembargador relator Juarez Fernandes Folhes, da 10ª Câmara Cível do TJRJ e, assim, o clube continua sem poder inscrever os reforços e renovações para 2020 - a sanção foi imposta no dia 17 de dezembro e, deste então, o Superesportes tem tentado contato junto departamento jurídico do Leão, inclusive nesta noite, mas sem sucesso. A reportagem tentou também o presidente Milton Bivar, também sem êxito.

Na alegação rubro-negra, o clube entende que houve cinco ilegalidades no processo conduzido pela CBF: aplicação de advertência juntamente com a aplicação de parcelamento do débito; desequilíbrio na paridade de armas e tratamento desigual entre o Clube e seu credor; impossibilidade de se aplicar a pena de suspensão de registro de novos atletas antes da advertência; desproporcionalidade da sanção que proíbe o Clube de efetuar o registro de novos atletas; aplicação de sanção não tipificada na Lei Pelé.

De acordo com o desembargador, “o CNRD ainda ponderou, no sentido de que acataria eventual pedido de se suspensão de sua decisão, caso o Clube cumprisse a Ordem Processual n. 1, que previa o parcelamento de longo prazo,conforme requeridido pelo próprio Clube em julho/2019”. Contudo, acrescenta, “o Clube agravante nada pagou, o que indica ausência de interesse em adimplir a obrigação. Com isso, não se vislumbra qualquer ilegalidade ou desproporcionalidade na sanção aplicada”. Ou seja, o Leão não arcou com nenhuma parcela até o momento.





https://www.pe.superesportes.com.br/...W-9KrXsGzZcJAw