Na estreia de Eduardo Baptista Sport continua jogando mal e é derrotado em Santos

por em 19/08/18 às 7:06




O Sport segue seu pesadelo sem fim na Série A do Campeonato Brasileiro. Jogando contra o Santos, na Vila Belmiro, o confronto marcava o duelo de duas equipes que não sabiam o que era vencer na competição desde a volta da Copa do Mundo. Na partida que marcava o retorno de Eduardo Baptista ao comando do time rubro-negro, o Sport acabou sendo derrotado por 3×0, podendo terminar a rodada na zona de rebaixamento.

Com a força da Vila Belmiro lotada, o Santos veio pra cima do Sport e conseguiu abrir o placar com apenas 1 minuto de jogo, quando o time pernambucano praticamente não havia conseguido tocar na bola. O paraguaio Derlis González fez boa jogada pela direita e cruzou, Bryan Ruiz dominou e rolou para Eduardo Sasha, de primeira, colocar no fundo das redes. Com a vantagem, o Santos pouco se expôs durante o primeiro tempo, já que o Sport não conseguia criar jogadas.

Sem criatividade, o Sport rodava a bola de um lado para outro, sem finalizar ao gol de Vanderlei. Aos 35 minutos, Deivid perdeu o controle da bola sozinho, e no contra-ataque, Gabriel finalizou de dentro da área, mas Magrão fez grande defesa. Na sequência, o Sport fez sua única jogada de perigo na primeira etapa. Rogério passou por Victor Ferraz pela esquerda e cruzou, Hernane até conseguiu finalizar, mas acabou escorregando, mandando a bola pra fora. Ainda no finzinho, Bryan Ruiz conseguiu bom chute de fora da área e quase fez o segundo do Santos.
Leia também:
Sport visita Santos por uma nova e boa história
Eduardo Baptista define Sport para encarar o Santos
Eduardo Baptista promete empenho em retorno ao Sport
Brocador é apresentado e promete protagonismo no Sport

O segundo tempo começou agitado. Eduardo Baptista tirou Deivid e colocou Fellipe Bastos, fazendo com que a equipe tivesse mais posse de bola. O Sport chegou a criar três chances de gol em 10 minutos, sendo duas com Rogério e outra com o próprio Fellipe Bastos. Contudo, a vida do time pernambucano se complicou quando Rogério foi expulso aos 12 minutos, após matar contra-ataque. Com um homem a menos, o Sport ainda tentou ir pra cima, e com isso, deu espaço. Com tranquilidade, o Santos chegou aos segundo gol aos 37 minutos, quando Derlis Sanchez fez boa jogada pela direita e cruzou para Rodrygo, que tinha acabado de entrar no jogo, fazer 2×0. Em seguida, Victor Ferraz aproveitou rebote na entrada da área para finalizar no canto e fazer o terceiro. Placar final na Vila Belmiro de 3×0 para o Santos, com o Sport chegando ao impressionante número de 9 jogos sem vencer.

FICHA TÉCNICA:
Santos 3
Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Dodô; Alison, Carlos Sánchez(Rodrygo) e Bryan Ruiz(Diego Pituca); Eduardo Sasha(Bruno Henrique), Derlis González e Gabriel ; Técnico: Cuca

Sport 0
Magrão, Cláudio Winck, Ronaldo Alves, Ernando e Sander ; Deivid(Fellipe Bastos), Ferreira(Morato) e Gabriel ; Marlone, Rogério e Hernane(Carlos Henrique) ; Técnico: Eduardo Baptista

Local: Vila Belmiro
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva /Fifa (PA)
Assistentes: Hélcio Araújo Naves e Heronildo Freitas da Silva (ambos do Pará)
Gols: Eduardo Sasha, a 1 minuto do 1ºT
Cartões amarelos: Victor Ferraz, Derlis Gonzáles (SAN) ; Rogério, Cláudio Winck (SPT)
Cartões vermelhos: Rogério (Sport)
Público: 10.991