Com golaço de Felipe Bastos, Sport vence o Atlético-PR e segue subindo na tabela

por em 06/06/18 às 23:50




Um Sport competitivo como não se via nos últimos anos. Quando não vai na qualidade, vai na força. Com um golaço do meio da rua de Fellipe Bastos, o Sport bateu o Atlético/PR, nesta quarta-feira (06), por 1×0, na Ilha do Retiro. Com o triunfo, o Leão chegou aos 18 pontos e assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro, em dez rodadas disputadas. Os rubro-negros voltam a campo neste sábado, contra o Vasco, fora de casa.

Dentro de campo, um Sport sem pulso na primeira etapa, jogando sem a fome de vencer de outrora. Sem a presença de Anselmo, o time parecia sentir a falta de uma referência no meio de campo. Com Deivid sendo o seu novo parceiro de setor, Fellipe Bastos passou ser o maior candidato a assumir o papel deixado por Anselmo. E foi nos pés dele que surgiu a primeira chance.

Aos 13 minutos, Fellipe Bastos arriscou e a bola passou perto, pegando na rede pelo lado de fora. Apesar do estilo peculiar de armar os seus times, Fernando Diniz até passou a envolver o Sport a partir dos 20 minutos, mas não conseguia penetrar no seguro sistema defensivo leonino.

Na etapa final, um “fator surpresa” fez toda a diferença. Após a calibrada no primeiro tempo, o volante Fellipe Bastos encheu o pé do meio da rua e acertou em cheio, marcando um golaço na Ilha do Retiro e abrindo o placar com apenas um minuto de bola rolando na etapa final. O gol destravou um pouco a partida, após um primeiro tempo frio.

Perdendo aos poucos o domínio do meio de campo, o Sport foi cedendo espaços ao Atlético/PR, que ia gostando cada vez mais da partida. Apesar das tentativas de explorar as laterais leoninas, o Furacão não conseguia criar novas oportunidades. Quando aconteceu, Magrão salvou em cabeçada de Pablo e garantiu os três pontos, fazendo a Ilha do Retiro explodir em festa.

FICHA DO JOGO

Sport 1

Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Ernando e Evandro (Durval); Deivid, Fellipe Bastos e Gabriel (Neto Moura); Marlone, Rogério (Michel Bastos) e Rafael Marques. Técnico: Claudinei Oliveira.

Atlético/PR 0

Santos; Wanderson, Thiago Heleno e Zé Ivaldo (Bruno Guimarães); Marcinho, Camacho (Bill), Lucho González e Carleto; Nikão (Bérgson), Raphael Veiga e Pablo. Técnico: Fernando Diniz.

Local: Ilha do Retiro (em Recife). Árbitro: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG). Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira e Ricardo Junio de Souza (ambos de MG). Gol: Fellipe Bastos (a 1 do 2ºT). Cartões amarelos: Deivid e Ronaldo Alves (Sport). Thiago Heleno, Nikão, Bérgson e Zé Ivaldo (Atlético/PR).
Público: 17.841
Renda: R$ 288.605,00