Bolas paradas funcionam e o Sport vence o Paraná fora de casa

por em 30/04/18 às 9:06




A palavra drama parece andar de mãos dadas com o Sport. Com um gol novamente tomado nos minutos finais, o Leão quase deixou escapar a primeira vitória no Brasileirão 2018, mas acabou colocando os três pontos na bagagem ao bater o Paraná, neste domingo (29), por 2×1, na Vila Capanema.

Com a vitória, os rubro-negros chegaram aos quatro pontos e deixaram a zona de rebaixamento. Na próxima rodada, os leoninos encaram o Bahia, no próximo domingo (06), na Ilha do Retiro.

Era preciso virar a página após uma semana conturbada internamente, com direito a saída do treinador Nelsinho Baptista e o auxiliar-técnico do clube Daniel Paulista. E assim o Sportconseguiu olhar para a frente com êxito e conquistar a sua primeira vitória na Série A 2018. Sem os meias Everton Felipe e Gabriel, lesionados, o Leão entrou em campo com três volantes, mesmo esquema utilizado na estreia deste Brasileirão, na derrota para o América/MG.

Porém, diferente do jogo contra os mineiros, foi o Rubro-negro quem abriu o placar logo no começo da partida. Aos sete minutos, Marlone bateu escanteio, Fellipe Bastos desviou de cabeça e Rogério completou de carrinho na segunda trave.

E se os três volantes rendiam uma pegada forte na marcação, por outro lado deixavam o time pesado na transição para o ataque. E assim, o Paraná começou a pressionar e encurralar o Sport. Para piorar, o lado esquerdo defensivo leonino, com Sander e Ernando, falhava com frequência. Foi assim que aos 25 minutos Raphael Alemão saiu de frente para Mailson, mas bateu mal.

Um minuto depois, Carlos chutou duas vezes e Mailson salvou. Aos 39, em nova bola lançada nas costas da zaga, Carlos tocou na saída de Mailson, que conseguiu se recuperar e fazer grande defesa.

Na etapa final, o Leão conseguiu novamente marcar nos minutos iniciais e assim encaminhar bem a vitória. E não foi um gol qualquer. Em falta sofrida por Rogério após apertar a saída de bola dos mandantes, Marlone cobrou com perfeição e marcou um golaço, sem chance para o goleiro: 2×0. Novamente, o time pernambucano voltou a ceder espaço e jovem Mailson foi se destacando.

Logo aos seis minutos, Raphael Alemão recebeu sozinho na área e encheu o pé para a grande intervenção do arqueiro rubro-negro. Cansado, Rogério deixou o campo para a estreia apagada de Carlos Henrique, emprestado pelo Londrina. E com tantas alterações com pouco efeito surtido, o Sport quase pagou caro. Aos 44 minutos, nem Mailson salvou.

Em cruzamento, Carlos cabeceou para outra linda defesa do goleiro, mas no rebote Johnny Lucas só escorou para diminuir o placar. Mesmo pressionando, os mandantes não conseguiram o empate e perderam o seu terceiro jogo em três rodadas.

FICHA DE JOGO

Paraná 1
Luis Carlos; Alemão, Jesiel, Cléber Reis e Rayan (Marcelo Baéz); Jhonny Lucas, Wesley Dias (Matheus Pereira), Caio Henrique e Raphael Alemão (Luan Viana); Carlos e Silvinho. Técnico: Rogério Micale

Sport 2
Mailson; Raul Prata, Ronaldo Alves, Ernando e Sander; Anselmo, Fellipe Bastos, Neto Moura (Ferreira), Andrigo (Cláudio Winck) e Marlone; Rogério (Carlos Henrique). Técnico: Claudinei Oliveira

Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR).
Árbitro: Daniel Nobre Bins (RS).
Assistentes: Lucio Beiersdorf Flor e Mauricio Coelho Silva Penna (ambos do RS).
Gols: Rogério (aos 7 do 1ºT) e Marlone (aos 3 do 2ºT). Johnny Lucas (aos 44 do 2ºT).
Cartões amarelos: Jesiel (Paraná) e Ferreira (Sport).
Público: 7.604.
Renda: R$ 172.105,00.