Sport vence o América, mas continua sem agradar a torcida na temporada

por em 19/02/18 às 11:42




Deu para o gasto o futebol apresentado pelo Sport neste domingo (18), contra o América. Com as arquibancadas da Ilha do Retiro praticamente vazias, o Leão bateu o Mequinha por 2×0, chegou aos 11 pontos e assumiu a terceira colocação no Campeonato Pernambucano, praticamente garantindo a sua vaga para o mata-mata. Os rubro-negros voltam a campo nesta quarta-feira, diante do Belo Jardim. Na tentativa de estancar a crise na Praça da Bandeira, o Estadual é visto como prioridade, já que é a única competição até a disputa do Brasileiro.

Ainda ressacado da eliminação precoce na Copa do Brasil, na última quinta-feira, os rubro-negros entraram em campo com a responsabilidade de amenizar a crise na Praça da Bandeira. Sem Magrão, que foi liberado para acompanhar velório de um parente em São Paulo, Leandro Pereira, poupado com dores no joelho, e André, afastado pela diretoria até que se resolva o “caso Grêmio”, o treinador Nelsinho Baptista tentou manter a base do time que acabou eliminado pelo Ferroviário. A única mudança foi a saída de Thomás e a entrada de Thallyson, com o time passando a jogar com três volantes.

E os leoninos não precisaram de muito esforço para encaminhar a vitória diante do Mequinha. Logo aos 16 minutos, Fabrício arriscou de fora da área e a bola saiu fraca, mas o goleiro Ruan se atrapalhou e acabou tomando um frango: Sport 1×0. Mantendo o controle da partida, o segundo gol foi questão de tempo. Aos 29, Rogério cruzou rasteiro e Marlone só escorou para o fundo das redes: 2×0.

No intervalo, o técnico Roberto de Jesus resolveu tirar o goleiro Ruan após a falha no gol. Porém, poucas emoções na segunda etapa. Reflexo da frieza das arquibancadas, a equipe leonina até conseguia se manter firme defensivamente, mas ofensivamente parou. Sem criação, a única grande chance veio aos 18 minutos, mas Thallyson errou feio a finalização após passe de Marlone.

FICHA DO JOGO

Sport 2
Agenor; Felipe Rodrigues, Henríquez, Léo Ortiz e Capa; Anselmo, Thallyson (Neto Moura), Fabrício, Gabriel (Índio) e Marlone (Thomás); Rogério. Técnico: Nelsinho Baptista.

América 0
Ruan (Filipe); Alisson, Walter, Alemão e Rony; Kadhir, Cléber, Matheus (Rômulo) e Tiago Bagagem (Emerson); Saullo e Caxito. Técnico: Roberto de Jesus.

Local: Ilha do Retiro (Recife). Árbitro: Tiago Nascimento dos Santos. Assistentes: Gilberto Freire de Farias e Karla Renata Cavalcanti de Santana. Gols:Fabrício (aos 16 do 1ºT) e Marlone (aos 29 do 1ºT). Cartões amarelos: Léo Ortiz e Rogério (Sport). Cléber (América). Público: 1.376. Renda: 18.330.