Nelsinho Baptista retorna ao Sport para comandar o time na temporada 2018

por em 12/12/17 às 15:28




Passados quase dez anos da conquista da Copa do Brasil e nove do encerramento da sua primeira passagem na Praça da Bandeira, Nelsinho Baptista enfim sentou novamente na cadeira principal da Sala de Imprensa como treinador do Sport. Aos 67 anos, o treinador mostrou o mesmo semblante sereno e o discurso pés nos chão que o fez conquistar não só títulos, mas a admiração dos rubro-negros, em apresentação oficial nesta terça-feira (12).

Em diversos momentos ao ser questionado sobre promessas de reviver as glórias do passado ou de lutar por vagas em Libertadores, o novo comandante leonino não seguiu o discurso anterior da diretoria e preferiu não alimentar grandes expectativas. “Eu prometo trabalho. É o que eu posso fazer. Não gosto de prometer. No futebol não é nada exato. Mas, certeza que o trabalho é fundamental para o sucesso”, frisou, em seguida aproveitando para corrigir um repórter que o questionou sobre a “magia” do título inesperado de 2008. “Não foi sorte, foi trabalho. Discordo quando se levanta que foi sorte ou algo do tipo. Ralamos muito naquela conquista e merecemos”, completou.

Campeão pernambucano em 2008 e 2009, além da Copa do Brasil, Nelsinho Baptista chegou ao Leão desacreditado na sua primeira passagem e saiu como ídolo, após uma eliminação emocionante na Copa Libertadores. Retornando com grande aprovação dos torcedores, o próprio treinador preferiu deixar o passado um pouco de lado. Mesmo tendo um passado, queremos fazer um presente. Vim aqui para fazer um presente. É muito bonito lembrar de tudo, mas o presente que vai importar e que a torcida vai cobrar”, afirmou.

Ainda sobre a negociação com o Sport, Nelsinho não vem acompanhado de nenhum profissional. Com isso, terá Daniel Paulista, ex-jogador treinado pelo próprio Nelsinho, em 2008, e agora auxiliar-técnico. Além dele, Magrão e Durval são os outros remanescentes daquela conquista.

Pai de Eduardo Baptista, que passou pelo Sport em 2014/2015, Nelsinho revelou se conversou ou não antes de acertar seu retorno ao Leão. “Eu converso com Eduardo quase todo dia. Claro que falamos sobre o Sport. Ele me disse que eu iria encontrar uma estrutura muito melhor do que era na minha primeira passagem, que encontraria pessoas capacitadas também”, disse.