Sport perde “caminhão” de gols, mas desmorona no segundo tempo e é goleado pelo Palmeiras

por em 17/11/17 às 9:47

Mais uma derrota e apenas um milagre salva o Sport do rebaixamento para a Série B. Após um bom primeiro tempo, o Leão acabou goleado por 5×1 para o Palmeiras, nesta quinta-feira, e vai precisar vencer todas as três partidas restantes para se manter no Brasileirão da Série A: Bahia (casa), Fluminense (fora) e Corinthians (casa) para assim chegar aos sonhados 45 pontos. Atualmente, os rubro-negros ocupam a 18ª colocação, com 36 pontos ganhos. O time volta a campo neste domingo, diante dos baianos, na Ilha do Retiro.

O mais desavisado torcedor que assistiu ao primeiro tempo não conseguia entender como o Sport luta contra o rebaixamento e o Palmeiras no pelotão da frente. Aos término dos primeiros 45 minutos, foram cinco chance reais criadas pelos pernambucanos contra nenhuma dos paulistas. Com o retorno de Diego Souza, o Leão voltou a ter a sua grande referência ofensiva. E a primeira grande oportunidade vem sem querer. Em cruzamento de Raul Prata, a bola desviou na zaga e quase encobriu Fernando Prass, que fez bela defesa. No rebote, André isolou.

Melhor em campo, o Sport parecia próximo ao gol. Aos 25, Mena deu verdadeira assistência através de um cruzamento, mas Diego Souza errou por muito pouco a cabeçada. Por último, em chutes de média distância, Mena e Raul Prata obrigaram Prass a trabalhar duro.

Na segunda etapa, papéis invertidos. De tanto perder gols na primeira etapa, o Leão foi castigado. O time de Daniel Paulista até começou bem, mas sofreu um apagão geral e viu o Verdão matar a partida. Aos 11, Dudu fez boa jogada e cruzou rasteiro para Deyverson só escorar para abrir o placar. Aos 18, novo cochilo leonino. Em cobrança de escanteio, Luan subiu sozinho para cabecear e decretar mais uma derrota do Sport, que não mostrou pode de reação. O golpe de misericórdia veio aos 33, novamente com Deyverson aproveitou nova falha do adversário. Ainda deu tempo de Diego Souza descontar, de cabeça, mas a reação parou por aí. No final, Dudu e Keno fecharam a goleada para completar mais um vexame rubro-negro nesta Série A.

FICHA DO JOGO

Palmeiras

Fernando Prass; Jean, Luan, Edu Dracena (Antônio Carlos) e Michel Bastos; Felipe Melo, Tchê Tchê e Moisés (Willian); Keno, Deyverson e Dudu. Técnico: Alberto Valentim

Sport

Magrão; Raul Prata, Henriquez, Durval e Sander; Anselmo, Patrick, Diego Souza, Marquinhos (Rogério) e Mena (Índio); André. Técnico interino: Daniel Paulista

Local: Arena Palmeiras (São Paulo/SP). Árbitro: Rafael Traci (PR). Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Luciano Roggenbaum (ambos de PR). Gols: Deyverson (aos 11 e aos 33 do 2ºT) e Luan (aos 18 do 2ºT). Diego Souza (aos 38 do 2ºT), Dudu (aos 44 do 2ºT) e Keno (aos 46 do 2ºT). Cartões amarelos: Anselmo e Diego Souza (Sport).
Público: 18.744. Renda: R$ 935,034,00.

  1. Luiz alberto disse:

    Spor ja caiu