Aposte em Bumbet

Sport perde para o São Paulo e chega há 9 jogos sem vitórias no Brasileirão

por em 01/10/17 às 19:41

O tabu continua. Diante de um São Paulo apoiado por mais de 40 mil torcedores e com dois milagres do goleiro Sidão, o Sport permaneceu com a sina de não vencer o adversário no Morumbi. A derrota por 1×0, pela Série A 2017, foi a 18ª em 19 confrontos envolvendo paulistas e pernambucanos no estádio. Mais preocupante do que o retrospecto negativo é a queda de posição do Leão. O resultado deixou a equipe na 16ª colocação, com 30 pontos. E tudo pode ficar ainda pior. Se a Ponte Preta (18ª) vencer o Flamengo, nesta segunda (2), no Moisés Lucarelli, o Rubro-Negro entrará na zona de rebaixamento.

Sem Diego Souza, suspenso por conta da expulsão no jogo passado contra o Vasco, o técnico Vanderlei Luxemburgo colocou Wesley e Mena no meio, buscando explorar os espaços pelos lados de campo para contra-atacar. Não se intimidando com a torcida adversária, os visitantes equilibraram as ações nos primeiros minutos e por pouco não abriram o placar aos 20. Anselmo arriscou de longe e acertou o travessão.

O susto fez o Tricolor jogar de forma mais vertical, procurando Lucas Pratto na área. Mesmo com a boa marcação dos rubro-negros, o São Paulo chegou perigosamente em contra-ataque. Marcos Guilherme apareceu na cara do gol, mas bateu em cima de Magrão. Na segunda oportunidade que teve, o atacante não vacilou. Ronaldo Alves e Henriquez se atrapalharam na hora de cortar um cruzamento e a bola caiu no pé de Marcos, que mandou para o fundo do gol.

Com Osvaldo na vaga de Sander, Luxemburgo recolocou Mena na lateral e liberou Osvaldo para se aproximar de Rogério e André. Com mais gente na frente, o Leão mostrou que a maior carência estava na ausência de alguém que municiasse os atacantes. Partindo para o tudo ou nada, a cartada final do Leão foi colocar Thomás e Thallyson nas vagas de Anselmo e Rogério.

Nos minutos finais, Sidão fez dois milagres. Primeiro, em cabeçada de Thomás. Depois, em novo cruzamento, o goleiro espalmou no reflexo outra finalização de cabeça, desta vez de Henriquez. Com o resultado, o Leão amargou sua quarta derrota no returno, tendo o pior desempenho na segunda metade do Brasileirão entre os 20 clubes.

FICHA DO JOGO

SÃO PAULO 1

Sidão; Éder Militão, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Petros, Hernanes e Cueva (Shaylon); Lucas Fernandes (Marcinho), Marcos Guilherme (Jonatan Gomez) e Pratto. Técnico: Dorival Júnior

SPORT 0

Magrão; Raul Prata, Henríquez, Ronaldo Alves e Sander (Osvaldo); Anselmo (Thomás), Rithely, Wesley e Mena; Rogério (Thallyson) e André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Local: Morumbi (São Paulo/SP)
Árbitro: Anderson Daronco/Fifa (RS). Assistentes: Rafael da Silva Alves e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (Ambos do RS).
Gols: Marcos Guilherme (aos 35 do 1ºT)
Cartões amarelos: Sander, Rithely (Sport);
Renda: R$ 1.065.285,00
Público: 43.071 torcedores