Sport abre o placar, mas vacila e fica apenas no empate contra o Atlético-MG

por em às 18:07




A torcida fez a sua parte, com o maior público na Ilha do Retiro neste Brasileirão (20.273), os jogadores também se doaram ao extremo, mas o resultado desejado não veio. Num grande jogo de futebol, com técnica e muita emoção, o Leão apenas empatou com o Atlético/MG em 1×1, neste domingo (15), na Ilha do Retiro, e não conseguiu se distanciar de vez da zona de rebaixamento.

Apesar do ponto conquistado, a distância da área de degola encurtou de três para apenas dois pontos, com os pernambucanos ficando na 13ª colocação provisória. A equipe leonina volta a campo contra o Santos, também em casa, na próxima quinta-feira (19).

Dentro de campo, o Sport não só manteve o desenho tático e a postura ofensiva utilizada no triunfo sobre o Vitória, na última quinta-feira, como também ganhou com a ausência do improdutivo Wesley, poupado por desgaste físico, e o retorno de Rithely, suspenso contra os baianos. Com uma saída de bola ágil, o Leão pressionou e criou bastante no primeiro tempo todo. E o gol não demorou a sair.

Com nove minutos de bola rolando, Anselmo pegou a sobra na intermediária e passou para Diego Souza, que de primeiro tocou para Patrick dominar no peito e bater cruzado para a explosão geral na Ilha do Retiro: 1×0. Os mineiros até acordaram, mas Elias parou em Magrão.

Aos 27, uma grande chance de ampliar, quando Mena lançou Juninho. O atacante driblou Vitor, mas bateu fraco, com Gabriel interceptando a bola antes de ela entrar. O castigo veio aos 37. Em belo lance de Otero para cima de Mena, o atleticano achou Fred só escorar de cabeça e deixar tudo igual.

Na segunda etapa, o jogo continuou aberto e bom de se acompanhar, mas dessa vez com mais ímpeto do Atlético. Tanto que a primeira grande chance foi de Adilson, aos 14, mas o volante bateu mal, para fora. Com posse, mas sem a mesma mobilidade, o ataque leonino não conseguia criar nenhuma chance clara. No lado esquerdo, Cazares continuava sendo uma arma perigosa, criando uma chance e perdendo outra. No fim, tudo igual na Ilha do Retiro.

FICHA DO JOGO

Sport 1
Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Henríquez e Mena; Anselmo, Patrick, Rithely (Lenis) e Diego Souza; Osvaldo (Rogério) e Juninho (Thomás). Técnico: Vanderlei
Luxemburgo.

Atlético/MG 1
Victor, Marcos Rocha, Felipe Santana, Gabriel e Fábio Santos; Adilson (Roger Bernardo), Elias, Valdívia (Clayton), Cazares (Yago) e Otero; Fred. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Local: Ilha do Retiro (Recife).
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP).
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Bruno Salgado Rizo (ambos de SP). Gol: Patrick (aos 9 do 1ºT) e Fred (aos 37 do 1ºT).
Cartões amarelos: Mena e Anselmo (Sport). Adilson e Fred (Atlético).
Público: 20.273. Renda: 316.116,00.