Depois de mais uma atuação abaixo da crítica, Luxemburgo não resiste e é demitido

por em 26/10/17 às 23:50

A derrota para o Junior Barranquilla/COL custou o cargo do treinador Vanderlei Luxemburgo. Logo após o revés diante do time colombiano ontem, em jogo de ida pelas quartas de final da Copa Sul-Americana, o técnico esteve presente na sala de entrevistas apenas para um pronunciamento, sem perguntas. Nos poucos minutos que falou, o agora ex-comandante leonino informou que foi demitido no vestiário pelo vice-presidente executivo e de futebol, Gustavo Dubeux.

Sem revelar o motivo, Luxemburgo afirmou que sabia que seria demitido há três meses. “Eu falei para o próprio Dubeux, que ele me demitiria três meses na frente, como aconteceu hoje”, declarou, sem deixar claro o motivo, com muitos presumindo que ele se referia à qualidade baixa do elenco leonino.

Visivelmente abatido, o treinador agradeceu ao Sport e da forma como foi recebido, despendido-se logo em seguida. Do lado da diretoria, Gustavo Dubeux se pronunciou também. “A demissão de Luxemburgo não aconteceu por conta desse jogos apenas. Nosso foco é no Brasileirão e estamos muito abaixo do esperado no segundo turno. Vamos ver o que fazer, mas temos decisão domingo, contra o Coritiba”, explicou Dubeux.

A maior surpresa ficou por conta das últimas declarações de todos os lados. Segundo o que foi publicado no site oficial do Sport no dia 8 de setembro, a diretoria havia renovado uma extensão de contrato até o final de 2018 com toda a comissão técnica, incluindo Vanderlei Luxemburgo. E há 15 dias, em entrevista ao Esporte Espetacular, o próprio Luxemburgo chegou a afirmar que mesmo se o Spot fosse rebaixado para a Série B ele aceitaria diminuir o próprio salário.

Na saída da Ilha do Retiro, o profissional não escondeu as lágrimas e preferiu não dar declarações. a. No total, Luxemburgo deixa o Sport com retrospecto de 11 vitórias, oito empates e 15 derrotas. No total, Luxemburgo deixa o Sport com retrospecto de 11 vitórias, oito empates e 15 derrotas – um aproveitamento de 40%. Seu substituto deve ser Daniel Paulista, que já treinou o Leão e é o atual assistente técnico do clube.