Aposte em Bumbet

Em jogo apático, Sport perde do Cruzeiro e chega a quatro jogos sem vitória

por em 20/08/17 às 21:22

Quatro jogos sem vencer no Brasileirão 2017. Pior: sem jogar bem novamente, assim como contra Corinthians e Ponte Preta. Esse é o Sport, que foi derrotado por 2×0 para o Cruzeiro, neste domingo (20), no Mineirão, com gols de Sassá e Raniel, Com a derrota, o Leão caiu da quinta para a oitava colocação na tábua de classificação, ficando numa situação com plicada na luta por uma vaga na Libertadores. O Leão só volta a campo daqui a 12 dias, quando encara o Grêmio, fora de casa, por conta do adiamento da partida. Com isso, tempo é o que não vai faltar para Vanderlei Luxemburgo tentar consertar os erros.

Confira os melhores momentos aqui.

Domingo é dia de reunir a família, preparar aquela tradicional feijoada e depois relaxar. Essa era a sensação que Cruzeiro e Sport passaram no primeiro tempo de jogo. Foram 45 minutos de pouco futebol e emoções escassas. Tecnicamente sofrível, as primeiras chances começaram a surgir apenas depois dos 20 minutos de bola rolando, com exceção de uma cabeçada de André, logo aos quatro minutos.

A jogada se repetiu aos 25 minutos, novamente em cruzamento vindo da direita.Na conclusão aérea, a bola passou muito perto do gol. A resposta do Cruzeiro veio de forma mortífera. Aos 33 minutos, em falha generalizada, Mena perdeu bola boba e a zaga do Sport foi pega de surpresa. E em cruzamento da direita, Ronaldo Alves falhou o posicionamento e Sassá subiu sozinho para fuzilar o gol de Magrão e abrir o placar. Nos minutos finais, a Raposa quase ampliou, inclusive acertando o travessão leonino com o zagueiro Léo.

Na segunda etapa, o trio ofensivo de armadores continuava sendo setor nulo no Sport, com Diego Souza, Lenis e Everton Felipe não conseguindo criar nada. Na frente, o atacante André tentava se virar. Inoperante na frente, o Leão passou a tomar sufoco na parte defensiva. Logo aos quatro minutos, Thiago Neves acertou o travessão de Magrão, assustando os rubro-negros. Aos 17, Sassá conseguiu escapar e saiu de frente para o arqueiro leonino, que fechou bem o ângulo e fez a defesa.

A primeira boa chegada do Leão aconteceu apenas aos 22 minutos, com Rogério, que havia acabado de entrar no lugar de Everton Felipe, mas a bola subiu um pouco mais. Sem muita inspiração, os pernambucanos sofreram o golpe de misericórdia aos 41 minutos. Em falha da dupla de zagueiros Ronaldo Alves e Henriquez, a bola sobrou para Raniel (ex-Santa Cruz), que só teve o trabalho de fuzilar o gol de Magrão e decretar o placar final.

Cruzeiro 2
Fábio; Ezequiel, Leo, Murilo e Bryan; Henrique, Hudson (Lucas Silva) , Rafinha e Thiago Neves; Alisson (Élber) e Sassá (Raniel). Técnico: Mano Menezes

Sport 0
Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Henríquez e Mena (Anselmo); Rithely, Patrick e Diego Souza; Everton Felipe (Rogério), Lenis (Juninho) e André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Local: Mineirão (Belo Horizonte).
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN). Assistentes: Vinícius Melo de Lima e Jean Márcio dos Santos (ambos do RN).
Gol: Sassá (aos 33 do 1ºT) e Raniel (aos 41 do 2ºT).
Cartão amarelo: Rafinha (Cruzeiro).
Público:10.393. Renda: R$ 132.119,00