Em noite de golaços, Sport vence o Danúbio por 3 a 0 na estreia da Sul-americana

por em às 11:02

Três golaços para estrear com confiança e começar espantar o fantasma da Copa Sul-Americana na Praça da Bandeira. Em noite mágica, o Sport bateu o Danúbio por 3×0, na noite desta quinta-feira (6), na Ilha do Retiro. Sob o comando de Diego Souza, o Leão largou com boa vantagem para o segundo e decisivo confronto, marcado para o dia 11 de maio, em Montevidéu, no Uruguai. No terreno adversário, os rubro-negros podem perder por até dois gols de diferença que carimbam passaporte para a Segunda Fase da Sula. Caso marque um gol, os leoninos podem perder por uma diferença de até três gols, já que o critério de gols marcados fora de casa é utilizado na competição.

Como todo confronto em torneios continentais, Sport x Danubio começou truncado, com muita disputa pela posse de bola, mas pouca inspiração. No pouco que se conseguiu ver de futebol nos primeiros 15 minutos, a superioridade técnica leonina era visível. Não à toa, o time visitante ocupa a 13ª colocação de um total de 16 participantes do Campeonato Uruguaio. A primeira finalização veio somente aos 16 minutos, com Everton Felipe arriscando bom chute de fora para a defesa em dois tempos do goleiro. Dominando o volume do duelo, o Leão não conseguia criar uma chance clara para furar a retranca adversária. Para conseguir isso, Ney Franco armou um time ofensivo, liberando Rithely para ajudar na armação e liberando um pouco mais Diego Souza.

Para conseguir isso, apenas um toque de mágica seria possível. E ele veio aos 34 minutos com o craque da equipe. Encurralado dentro da área e na linha de fundo, Diego Souza levantou a bola e deu uma assistência perfeita de bicicleta para Rithely cabecear para o fundo do gol, abrindo o placar na Ilha do Retiro. Logo, os rubro-negros povoaram a internet com as brincadeiras sobre a jogada de Diego Souza, relembrando do golaço de bicicleta feito contra o Campinense, no último domingo. Com a bola cheia, o ídolo leonino ficou satisfeito? Nada disso. Aos 41 minutos veio a pintura principal. Espelhando no companheiro, Rogério mandou uma bicicleta para o zagueiro afastar com o pé, mas a bola subiu e Diego Souza mostrou como se faz, acertando um lindo voleio para delírio geral no estádio Adelmar da Costa Carvalho.

Na etapa final, o Danubio segurou o time para tentar diminuir e deixar a missão menos complicada no Uruguai. Mas não foi isso que aconteceu. Com algumas poucas chances perdidas, os visitantes foram castigados com mais um golaço. Revelação da base, o volante Fabrício acertou linda falta, sem chance para o goleiro, e fechou o placar em 3×0. Ainda deu tempo para André, em má fase, perder uma chance de cabeça. Fim de jogo e vitória com sobra do Leão.

FICHA DO JOGO
Sport 3

Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves (Matheus Ferraz), Durval e Mena (Evandro); Fabrício, Rithely, Diego Souza, Everton Felipe e Rogério; André (Leandro Pereira). Técnico: Ney Franco.

Danúbio/URU 0
Cristóforo; Maurechuffe, Peña, Olaza e Matías de Los Santos; González (Grossmuller), Zarfino, Graví; Rodrigo Fernandez, Oliveira (Johnatan dos Santos) e Ardaíz (Saracchi). Técnico: Páblo Rodriguez.

Local: Ilha do Retiro (Recife). Árbitro: Jorge Baliño (ARG). Assistentes: Lucas Germanotta e Gabriel Chade (ambos da ARG). Gols: Rithely (aos 34 do 1ºT) e Diego Souza (aos 41 do 1ºT). Fabrício (aos 22 do 2ºT). Cartões amarelos: Diego Souza e Everton Felipe (Sport). Zarfino, Cristóforo, Maurechuffe, Gravi e Rodrigo Fernandez.

Público: 13.582 Torcedores
Renda: R$ 267.485,00