Sport fica com a 2ª colocação no Estadual

por em 08/05/16 às 22:59




O Sport até que tentou e dono da partida durante todos os 90 minutos, o Leão não conseguiu marcar e com isso ficou apenas no empate com o Santa Cruz pelo placar de 0 a 0, ficando com o vice-campeonato do Estadual.

O pensamento do Sport está voltado para a Série A, onde o Leão estreia no próximo sábado (14), ás 16 horas, diante do Flamengo, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

(Foto: Williams Aguiar/Sport/Divulgação)

(Foto: Williams Aguiar/Sport/Divulgação)

Primeiro Tempo

A primeira grande chegada ao ataque foi do Santa Cruz. Aos sete minutos, Tiago Costa cobrou falta com categoria e Danilo Fernandes se esticou todo para defender.

Mesmo sem criar oportunidades concretas de chute ao gol, o Sport seguia com mais posse de bola e grande volume de jogo.

Aos 25, Mark González tentou abrir o placar em cobrança de falta, mas mandou por cima do gol.

A última tentativa do Sport na primeira etapa veio aos 44 minutos, após cobrança de escanteio, que Durval tentou de voleio, mas bateu fraco nas mãos de Tiago Cardoso.

Segundo Tempo

Assim como no primeiro tempo, o segundo foi de ataque do Sport contra defesa do adversário.

Aos oito minutos, Everton Felipe tabelou com Túlio de Melo e bateu cruzado, mas Tiago Cardoso defendeu com as pontas dos dedos.

Aos 21, o Santa Cruz assustou com Wallyson que recebeu cruzamento de Grafite e testou pra fora.

Aos 27, o Leão chegou novamente, com Henríquez que aproveitou cruzamento na área e testou forte, mas o goleiro adversário foi buscar mais uma no canto do gol.

Minutos depois, aos 37, o Sport quase marcou. Renê cobrou escanteio na medida para Durval, que meio de bicicleta mandou na trave.

Com o tempo se encerrando, restou ao Sport alçar bolas na área, mas sem sucesso.

Ficha do Jogo – Sport 0x0 Santa Cruz

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Henríquez, Durval e Renê; Rithely, Luiz Antônio (Lenis), Gabriel Xavier e Mark González; Everton Felipe (Matheus Ferraz) e Vinícius Araújo (Túlio de Melo). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Vítor, Néris, Danny Morais e Tiago Costa; Wellington Cézar, Uillian Correia e Lelê (Wallyson); Arthur, Grafite (Bruno Moraes) e Keno (Alemão). Técnico: Milton Mendes.

Competição: Campeonato Pernambucano (Final – 2ª Jogo).

Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE).

Árbitro: Sebastião Rufino Fillho.

Assistentes: Marcelino Castro e Marlon Rafael.

Cartões amarelos: Rithely, Renê, Túlio de Melo e Luiz Antônio (Sport); Grafite, Tiago Cardoso e Lelê (Santa Cruz).

Público: 27.493

Renda: R$ 497.540.

  1. Antônio Gustavo de Siqueira disse:

    Time incompetente, diretoria incompetente, futebol de segunda, se não mudarmos vamos cair novamente. Os pés, colocar no chão e não pensar que é o melhor do mundo. Contratações e dispensas já. Presidente acorde, a culpa é sua, contratar um treinador fraco e sem expressão. Só que não conhecia o histórico de Falcão é que faz uma besteira desta.

    O seu negócio é no fórum e não dirigindo o glorioso Sport Recife,