Durval marca no fim e Sport vence o Campinense por 1 a 0

por em às 0:38




Mais de 23 mil rubro-negros viram o Sport sair vencedor com um gol no último minuto de jogo, diante do Campinense, pela primeira partida da semifinal da Copa do Nordeste. O gol salvador do Leão foi marcado pelo xerifão e capitão Durval, de cabeça.

Com a vitória, o Sport pode empatar por qualquer resultado no jogo da volta, que garante vaga na decisão do Nordestão.

O duelo da volta acontecerá neste domingo (17), ás 16 horas, no Estádio Amigão, em Campina Grande, Paraíba.

(Foto: Williams Aguiar/Sport/Divulgação)

(Foto: Williams Aguiar/Sport/Divulgação)

Primeiro Tempo

Com poucos espaços para criar as jogadas, o Leão tentava trocar passes para tentar chegar a área adversária, sem sucesso.

Só aos 19, o Sport chegou com perigo. Mark González recebeu pela esquerda da grande área, mas mandou fraco de bico, nas mãos de Gledson.

Aos 26 minutos o Leão voltou a assustar com Vinicius Araújo, que recebeu passe pela direita da grande área e mandou uma bomba, mas a bola balançou as redes do lado de fora.

A resposta do Campinense veio aos 38 minutos, com Bruno Corrêa, que recebeu na entrada da área e mandou na trave, assustando o torcedor rubro-negro.

Aos 45 minutos o Sport perdeu uma grande chance com Lenis, que recebeu na grande área, mas bateu muito forte e a bola subiu por cima da meta paraibana.

Segundo Tempo

Precisando do resultado, o Sport adotou uma postura ainda mais ofensiva, trocando mais passes no meio de campo e jogando em velocidade.

Aos três minutos, Mark González arriscou de fora das área e Gledson foi buscar a bola no ângulo, mandando para escanteio.

Com poucos espaços para entrar na área, o Sport tentava os chutes de longa distância. Aos 11, foi a vez de Lenis chutar fraco e rasteiro, facilitando a defesa do goleiro do Campinense.

O Campinense chegou aos 16, através de Magno, que mandou uma bomba em cobrança de falta e a bola passou raspando a trave de Danilo Fernandes.

O Leão quase marcou aos 23, com Rithely que recebeu de Diego Souza e de primeira mandou um foguete, obrigando Gledson a mandar para escanteio.

Aos 27 minutos, o Campinense quase abriu o marcador. Adalgiso Pitbull driblou a zaga leonina e saiu na cara de Danilo Fernandes, mas o goleiro do Sport defendeu, salvando o Leão.

O tempo passava e o Sport seguia sem conseguir criar boas jogadas. Sem a presença de meias para buscar o jogo, a zaga rubro-negra forcava os lançamentos, sem efeito.

Aos 46, Johnathan Vilela recebeu na entrada da área e soltou o pé de canhota, mas Gledson mais uma vez se esticou todo e espalmou.

Mas aos 50 minutos, o Sport conseguiu marcar o gol da vitória, em jogada de Maicon que avançou pela direita e cruzou na cabeça de Durval, que testou com tranquilidade para as redes. O gol causou delírio na torcida que já se preparava para deixar as dependências da Ilha do Retiro.

Ficha do Jogo – Sport 1×0 Campinense

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Oswaldo Henríquez, Durval, Christianno; Serginho (Maicon da Silva), Rithely, Diego Souza, Reinaldo Lenis, Mark González (Luiz Antônio) e Vinícius Araújo (Johnathan Vilela). Técnico: Paulo Roberto Falcão.

Campinense: Gledson; Negretti, Joéci, Tiago Sala, Danilo; Fernando Pires, Magno, Filipe Ramon (Jussemar), Róger Gaúcho; Raul (Chapinha) e Bruno César (Pitbull). Técnico: Francisco Diá.

Competição: Copa do Nordeste (Semifinal – 1ª Jogo).

Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE).

Árbitro: José Ricardo Vasconcelos (AL).

Assistentes: Rondinelle Tavares e Pedro Jorge Araújo (Ambos de AL).

Cartões amarelos: Durval, Christiano e Rithely (Sport); Bruno Corrêa (Campinense).

Gol: Durval, aos 49 minutos do segundo tempo para o Sport.

Público: 23.390.

Renda: R$ 416.850,00