Sport é derrotado pelo Cruzeiro por 3 a 0

por em 15/11/15 às 19:07




Após ter um pênalti marcado contra o Leão, o Sport perdeu a cabeça e o jogo, pelo placar de 3 a 0 para o Cruzeiro. Os gols da Raposa foram marcados por Willians, Durval (contra) e Marcos Vinicius.

Mesmo com a derrota nesta tarde, o Sport se manteve na 7ª colocação da tabela, com 52 pontos somados, e ainda sonhando com chances de entrar no G4 da competição.

O Sport volta a campo no próximo domingo (22), contra o Atlético-PR, ás 18:30, na Ilha do Retiro. O jogo será válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A.

1447617086-fotomateriahoje (1)

(Foto: Fred Magno/Light Press/Cruzeiro/Divulgação)

Primeiro Tempo

A partida começou morna, com muita marcação de ambas as partes e com pouca chances claras de gol.

O primeiro grande ataque foi do Cruzeiro, aos 22 minutos, quando Alisson, entrou na área rubro-negra e chutou cruzado, a bola desviou na zaga e sobrou para William, que tentou cruzar, mas mandou em cima da defesa leonina.

O Sport respondeu aos 29 minutos. Renê recebeu fora da área e bateu forte, André desviou de carrinho e tocou na bola, mas Fábio segurou firme.

Aos 42 minutos, o Cruzeiro tentou chegar ao gol com Fabrício, que cobrou falta forte, mas a bola desviou na barreira do Leão e passou por cima do gol de Danilo Fernandes.

O Leão quase abriu o marcados aos 45 minutos. Após cobrança de escanteio, a bola desviou no zagueiro cruzeirense Bruno Rodrigo que passou raspando a trave de Fábio, que tirou a bola com os olhos.

A última grande chance do primeiro tempo foi do Sport em seguida, aos 46. Após nova cobrança de escanteio, Renê recebeu curto na esquerda e cruzou, Diego Souza desviou de cabeça e a bola passou próximo ao gol cruzeirense.

Segundo Tempo

O Sport não voltou bem na segunda etapa e com isso o Cruzeiro se aproveitou, para fazer pressão, ajudado pela torcida do Cruzeiro.

Aos cinco minutos, o Cruzeiro chegou com muito perigo. Fabrício avançou pela esquerda e cruzou na cabeça de Alisson, que testou forte e Danilo Fernandes defendeu.

Aos oito minutos, o Leão respondeu com Diego Souza, que pegou fora da área e bateu um foguete de canhota, mas Fábio foi buscar no canto, salvando o Cruzeiro de levar o gol.

O Cruzeiro chegou aos 11 minutos, com William que recebeu lançamento e bateu de primeira, mas Danilo Fernandes defendeu mais uma bola, mandando para escanteio.

Em seguida, aos 12, após cobrança de escanteio, Manoel cabeceou para o gol, mas a bola desviou e bateu no braço de Ronaldo, ocasionando em um pênalti para os donos da casa.

Aos 13, Willians foi para a cobrança e com categoria bateu no canto direito de Danilo Fernandes, que caiu no lado oposto.

Aos 16, a Raposa ampliou o marcador. Willians tentou o cruzamento pela direita, Durval desviou a trajetória da bola, que entrou para o gol, matando o goleiro rubro-negro, Danilo Fernandes.

O Sport sofreu um apagão e aos 19 minutos, quase sofreu mais um gol. Alisson recebeu na cara do gol, driblou Danilo Fernandes e de meta aberta, mandou para fora.

Aos 21 minutos, o Cruzeiro se aproveitou de mais uma desorganização do Sport e ampliou. Marcos Vinicius recebeu no meio de campo, ganhou em velocidade de Ronaldo e tocou na saída de Danilo Fernandes, para balançar as redes.

O Cruzeiro queria mais e quase conseguiu o quarto gol aos 43 minutos. Leandro Damião recebeu na marca do pênalti e na hora do chute, foi travado por Durval, que afastou o lance.

Ficha do Jogo – Cruzeiro 3×0 Sport

Cruzeiro: Fábio; Ceará (Fabiano), Manoel, Bruno Rodrigo, Manoel e Fabrício; Willians, Henrique, Ariel Cabral e Marcos Vinícius (Marquinhos); Alisson (Leandro Damião) e Willian. Técnico: Mano Menezes

Sport: Danilo Fernandes; Oswaldo, Durval, Matheus Ferraz e Renê; Rithely, Wendel (Ronaldo), Neto Moura (Régis) e Diego Souza; Marlone (Marlone) e André. Técnico: Falcão.

Competição: Campeonato Brasileiro da Série A (35°rodada).

Local: Estádio do Mineirão (Belo Horizonte).

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA).

Assistentes: Rodrigo Henrique Correa (RJ) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA).

Gols: Willians, aos 13 minutos do segundo; Durval (contra), aos 15 minutos do segundo e Marcos Vinícius, aos 20 minutos do segundo tempo para o Cruzeiro.

Cartões amarelos: William, Willians (Cruzeiro); Diego Souza, André, Régis e Matheus Ferraz (Sport).