Sport mostra raça, goleia o Bahia e se classifica na Sul-americana

por em às 1:09




Na base da raça e superação, Sport reverteu um resultado quase impossível, (perdeu o primeiro jogo por 1×0 em Salvador) goleou o Bahia e de quebra passou de fase e está classificado para as oitavas de final da Copa Sul-americana. Os gols do Leão foram marcados por Rithely, Élber e Hernane Brocador (2x).

O próximo adversário do Leão no torneio será um argentino. No primeiro confronto o Huracán goleou o Tigre por 5 a 2 e deve enfrentar o Sport.

O foco do Sport agora está voltado para domingo (30), contra o Flamengo, ás 16 horas, na Arena Pernambuco. O jogo será realizado pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A.

1440644666-comemoraobahia (1)

(Foto: Williams Aguiar/Sport/Divulgação)

Primeiro Tempo

O Bahia foi quem começou assustando na partida. Aos quatro minutos, Alexandro recebeu pela esquerda e bateu forte, a bola passou próxima ao gol de Magrão.

Aos oito, o Leão respondeu com Ferrugem, que recebeu um grande passe pela direita da grande área e bateu forte, Douglas Pires espalmou para fora da área.

O Leão quase marcou seu primeiro gol aos 10 minutos. Maikon Leite avançou pela direita e cruzou na área, a zaga do Bahia não cortou e André cabeceou firme, mas Douglas Pires defendeu no susto e salvou sua equipe.

O Tricolor de Aço voltou a chegar com perigo aos 16 minutos. Souza recebeu lançamento na esquerda, puxou para a canhota e bateu rasteiro, a bola passou próxima a trave de Magrão.

Aos 24 minutos, o Leão não abriu o placar por muito pouco. Novamente Maikon Leite cruzou e Diego Souza cabeceou bonito, mas a bola triscou na trave e não entrou.

O Leão caiu de produção após os 30 minutos e só voltou a criar uma boa chance aos 41 minutos. Diego Souza recebeu na cara do gol, mas bateu mal e o goleiro defendeu com os pés.

O último lance de perigo do primeiro tempo foi do Bahia. Aos 43 minutos, Alexandro cruzou rasteiro na pequena área, Souza antecipou-se a zaga, mas de carrinho mandou por cima do gol.

Segundo Tempo

Na volta do intervalo, o treinador rubro-negro, Eduardo Baptista sacou Marlone do time e colocou Élber.

Não demorou muito e o Leão abriu o marcador. Aos sete minutos, Diego Souza cobrou falta na área, Rithely subiu mais que toda a zaga adversária e cabeceou no canto, balançando as redes do Bahia.

Aos 20 minutos, o Bahia assustou o Leão. Souza cruzou da direita, Maxi se adiantou a zaga e tocou forte, a bola passou raspando o travessão.

Aos 24 minutos, Eduardo Baptista voltou a mexer no Leão. André e Ferrugem saíram, para as entradas de Hernane Brocador e Wendel.

Aos 29, o Bahia conseguiu achar seu gol de empate. Marlon mandou na área, Tiago Real rolou de cabeça para Maxi, que passou por Durval e bateu na saída de Magrão.

Aos 31, o Leão perdeu um gol feito. Maikon Leite pegou bonito de primeira, Douglas Pires defendeu e no rebote, Hernane pegou o gol aberto, mas mandou para fora.

Aos 33, não teve jeito e o Sport marcou o segundo. Em mais uma bola alçada na área por Diego Souza, Durval desviou de cabeça e a bola sobrou na cara do gol para Hernane, que de primeira mandou para as redes.

Aos 36 minutos, o jogo esquentou quando o Bahia teve um jogador expulso. Tales entrou forte no tornozelo de Hernane e recebeu o vermelho direto.

Com um a mais, o Sport foi todo pra cima do Bahia e aos 41, o Leão conseguiu marcar seu terceiro gol, que lhe dava a classificação. Renê lançou na esquerda, o zagueiro adversário furou e não cortou, a bola ficou limpa para Élber, que invadiu a área e mandou uma bomba, a bola ainda tocou no goleiro, mas entrou.

Com um a menos e precisando fazer gols, o Bahia se abriu e deixou espaços para o Sport. Aos 45, Élber tabelou com Diego Souza e saiu na cara do gol, mas bateu mal e perdeu uma grande chance de ampliar.

O Sport fechou o caixão do Bahia aos 49 minutos. Maikon Leite avançou pela direita e passou para Hernane Brocador, que recebeu na cara do gol e tocou na saída de Douglas Pires, que não evitou o gol rubro-negro.

Ficha do Jogo – Sport 4×1 Bahia

Sport: Magrão; Ferrugem (Wendel), Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rodrigo Mancha, Rithely e Diego Souza; Maikon Leite, André (Hernane Brocador) e Marlone (Élber). Técnico: Eduardo Baptista.

Bahia: Douglas Pires; Thales, Robson (Zé Roberto), Jailton e Marlon; Pittoni, Souza e Gustavo Bianco (Tiago Real); Maxi Biancucchi (Gabriel), Kieza e Alexandro. Técnico: Sérgio Soares.

Competição: Copa Sul-americana (2ª fase – Jogo de volta).

Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE).

Árbitro: Roberto Tobar (CHI).

Assistentes: Francisco Mondria e Claudio Rios (Ambos do Chile).

Gols do Sport: Rithely, aos sete minutos do segundo; Hernane Brocador, aos 40 e 49 minutos do segundo e Élber aos 41 minutos do segundo tempo.

Gol do Bahia: Maxi Biancucchi, aos 28 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: André, Renê, Wendel e Élber (Sport); Róbson e Marlon (Bahia).

Cartão vermelho: Thales (Bahia).

  1. clovis cordeiro dos santos disse:

    se houver algum pacote para o jogo do sport na argentina, eu gostaria de ser informado. obrigado. PELO SPORT TUDO!