Mesmo com muita luta Leão sofre a primeira derrota no Brasileirão

por em às 11:49




Diante de quase 51 mil pessoas, o Sport foi valente, mas saiu com a primeira derrota na competição, para o Atlético-MG por 2 a 1. O único gol rubro-negro foi marcado pelo zagueiro Matheus Ferraz.

Com a derrota, o Leão perdeu a invencibilidade e permaneceu com os mesmos 23 pontos, ocupando a 3ª colocação na tabela de classificação da Série A.

O próximo duelo do Sport é domingo (12), ás 18:30, na Arena Pernambuco. O jogo será válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A.

Primeiro Tempo

O jogo começou bem movimentado, com as duas equipes se estudando, mas sem abdicar de ir até o setor de ataque.

Aos 10 minutos, o Galo tentou abrir o marcador com Maicosuel. Após bola alçada na área, o meio-campista cabeceou de costas e a bola passou a esquerda do gol de Danilo Fernandes.

O Leão chegou com perigo aos 29, com Marlone que passou para Maikon Leite, o atacante invadiu a área, mas se atrapalhou com a bola e perdeu o lance.

Aos 43 minutos, o Atlético-MG quase complicou a vida do Sport. Lucas Pratto foi lançado, mas Danilo Fernandes saiu do gol rapidamente e chegou chutando para fora da área.

Já nos acréscimos, aos 46, o Galo balançou as redes, mas de forma irregular. Após cobrança de escanteio, Leonardo Silva desviou de cabeça e a bola sobrou para Thiago Ribeiro, que mandou para o gol, mas o atacante estava muito adiantado no lance e o impedimento foi caracterizado.

Segundo Tempo

A segunda etapa começou eletrizante e logo no primeiro minuto, o Galo conseguiu abrir o placar. Após jogada de contra-ataque, Maicosuel lançou para Thiago Ribeiro, que avançou pela direita e cruzou rasteiro, na medida para Lucas Pratto, que chegou em velocidade e bateu no canto superior de Danilo Fernandes.

A resposta do Sport foi rápida e aos três minutos, o Leão deixou tudo igual no marcador. Após cobrança de falta na área, a bola sobrou limpa para Matheus Ferraz, que só teve o trabalho de empurrar de cabeça para as redes.

Aos seis, o Galo quase desempatou com Giovanni Augusto, que arriscou de fora da área e Danilo Fernandes foi buscar.

Aos oito, o mesmo Giovanni Augusto tentou outra jogada individual e arriscou o chute, dessa vez o meio-campista foi mais feliz e acertou um lindo arremate, no ângulo de Danilo Fernandes, que só olhou a bola entrar.

Aos 13 minutos, após falha do Leão, quase pintava o terceiro gol do Atlético. Pratto recebeu em profundidade, invadiu a área e bateu rasteiro, Danilo Fernandes defendeu, no rebote, a bola sobrou para Thiago Ribeiro, que bateu prensado e a bola saiu pela linha de fundo.

Lucas Pratto estava com liberdade e aos 15 minutos, invadiu a grande área e bateu cruzado, mas parou em nova defesa do arqueiro rubro-negro.

O Leão chegou com perigo aos 25 minutos. Rithely deu belo passe para Maikon Leite, que invadiu a área e bateu rasteiro, Victor fechou o ângulo e defendeu.

Precisando do empate, o Leão se mandou pra cima do Atlético-MG. O Sport dominava o jogo, mas não conseguia criar chances reais de gol.

Aos 46, já no fim do jogo, o Leão perdeu um gol incrível. Após bola levantada na área, Diego Souza desviou de cabeça e a bola sobrou livre para Marlone, que testou a bola de cima pra baixo, mas ela passou raspando a trave de Victor.

Ficha do Jogo – Atlético-MG 2×1 Sport

Atlético-MG: Victor; Carlos César, Jemerson, Leonardo Silva e Douglas Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete, Giovanni Augusto (Guilherme), Maicosuel (Cárdenas) e Thiago Ribeiro (Carlos); Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi.

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Mike) e Diego Souza; Maikon Leite (Neto Moura), Samuel (Wallace) e Marlone. Técnico: Eduardo Baptista.

Competição: Campeonato Brasileiro da Série A (12ª rodada).

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO).

Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva e Jesmar Benedito Miranda de Paula (Ambos de GO).

Gols: Lucas Pratto, no primeiro minuto do segundo e Giovanni Augusto, aos nove minutos do segundo tempo para o Atlético-MG; Matheus Ferraz, aos quatro minutos do segundo tempo para o Sport.

Cartões amarelos: Jemerson e Carlos Cesar (Atlético-MG); Rithely e Neto Moura (Sport).

Público: 50.684.

Renda: R$ 1.671.325.

(Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG/Divulgação)