Sport sofre gol no fim e empata com Chapecoense fora de casa

por em às 18:36




Por muito pouco o Sport não sai com a primeira vitória fora de casa no Campeonato Brasileiro da Série A. O Leão saiu na frente, com Rithely, aos 28 minutos do primeiro tempo, mas recuou muito na partida e foi castigado com um gol sofrido no fim, aos 43 minutos do segundo tempo, por Bruno Rangel.

Com o empate, o Sport segue na 1ª colocação da tabela com 19 pontos somados. Para permanecer na liderança, o Leão terá que torcer por tropeços de São Paulo e Atlético-PR.

O próximo desafio do Leão na competição é o Internacional, quarta-feira (01), ás 19h30, na Ilha do Retiro. O jogo é válido pela 10ª rodada da Série A.

Primeiro Tempo

O Sport começou tocando bem a bola e arriscando algumas vezes em chutes de longa distância. A primeira finalização foi aos 10 minutos, com Diego Souza que bateu forte e a bola passou a direita do gol de Danilo.

A primeira chegada da Chapecoense veio aos 19 minutos. Camilo partiu em velocidade pela direita e cruzou na cabeça de Edmilson, que livre de marcação, testou para fora.

A resposta do Leão foi rápida e aos 20 minutos, quase pintava o gol rubro-negro. Marlone avançou pela esquerda e cruzou para André, que antecipou-se a zaga e tocou sútil, a bola raspou a trave.

O Sport chegou mais uma vez aos 26 minutos. Marlone, bem no jogo, cruzou a medida para André, mas o atacante leonino escorregou no gramado e não conseguiu cabecear a bola.

De tanto insistir, o Leão chegou ao seu primeiro gol aos 28 minutos. Diego Souza cobrou falta na área e a bola achou Rithely livre, para cabecear para as redes do adversário.

Após sofrer o gol, a equipe da Chapecoense começou a pressionar mais na partida. Aos 39, Apodi cruzou com efeito e a bola veio em direção a meta, mas Danilo Fernandes espalmou para escanteio.

Aos 41, a equipe de Chapecó tentou mais uma vez com Dener, que cobrou falta com veneno, mas Danilo Fernandes espalmou mais uma para a linha de fundo.

Segundo Tempo

A primeira chegada perigosa da segunda etapa foi do Sport. Aos oito minutos, Maikon Leite puxou contra-ataque e passou para Marlone, o meia-atacante apareceu na pequena área e bateu rasteiro, Danilo defendeu e a zaga catarinense afastou.

Aos 17 minutos, a Chapecoense perdeu a chance de ampatar. Camilo fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Edmilson, o atacante apareceu livre na marca do pênalti e mandou por cima do gol.

Aos 22, o Leão tentou de fora da área, com Samuel Xavier, que bateu forte e a bola apssou perto da meta adversária.

Aos 42 minutos, a Chapecoense empatou no fim. Após bola levantada na área, a bola sobrou para Bruno Rangel, que mandou para as redes.

Ficha do Jogo – Chapecoense 1×1 Sport

Chapecoense: Danilo; Apodi, Rafael Lima, Neto e Dener; Elicarlos, Bruno Silva (Wagner), Cleber Santana e Camilo; Ananias (Maranhão) e Edmílson (Bruno Rangel). Técnico: Vinícius Eutrópio.

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel e Diego Souza, Maikon Leite (Mike), Marlone (Neto Moura); André (Samuel). Técnico: Eduardo Baptista.

Competição: Campeonato Brasileiro da Série A (9ª rodada).

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC).

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ).

Assistentes: Dibert Pedrosa Moises e Eduardo de Souza Couto (Ambos do RJ).

Gols: Rithely, aos 28 do primeiro tempo para o Sport; Bruno Rangel, aos 43 minutos do segundo tempo para a Chapecoense.

Cartões amarelos: Elicarlos (Chapecoense); Diego Souza, Samuel Xavier, Wendell, Rithely, Marlone e Mike (Sport).

Público: 7.203

Renda: R$ 78.195,00

(Foto: Chapecoense/Divulgação)