Superior do começo ao fim, Sport vence o Socorrense por 3 a 0

por em às 14:46




Com um Diego Souza inspirado, o Sport teve sua melhor apresentação no ano e venceu o Socorrense fora de casa pelo placar de 3 a 0. Os gols do Leão foram marcados por Mike, Felipe Azevedo e Wendel.

Com o resultado, o Sport se isolou ainda mais na liderança do Grupo B do Nordestão, com sete pontos ganhos. Agora o Leão tem uma vantagem de quatro pontos sobre o 2ª colocado, o Coruripe.

O Sport volta a campo domingo (08), para enfrentar o Serra Talhada, ás 16 horas, no Nildo Pereira, m jogo válido pela 7ª rodada do Estadual.

Primeiro Tempo

Comandando pelo meio-campista Diego Souza, o Leão foi superior do primeiro minuto de jogo, até o final. Em raras vezes se viu um ataque do Socorrense, que jogava em casa.

Aos três minutos, Diego Souza avançou pela intermediária e deu belo passe para Felipe Azevedo, que apareceu livre e bateu forte, mas Emanuel espalmou e a zaga sergipana afastou o perigo.

Aos 10, o Leão envolveu o adversário e em boa troca de passes, Mike deixou Élber na cara do gol, mas o atacante leonino bateu em cima de Emanuel, que defendeu.

A primeira finalização do Socorrense veio aos 17, de fora da área com Joelton. Magrão bem posicionado defendeu em dois tempos.

Aos 20, novamente Diego Souza lançou Élber, que avançou e da grande área bateu forte, a bola passou raspando a trave do adversário.

A pressão do Leão aumentava e aos 23, Mike recebeu pela direita, puxou para a canhota e bateu colocado, Emanuel se esticou todo e mandou para escanteio.

De tanto insistir o Sport conseguiu marcar seu primeiro gol. Aos 28 minutos, a zaga adversária afastou mal, a bola sobrou nos pés de Diego Souza que cruzou de canhota na cabeça de Mike, que só fez testar para as redes.

Aos 33 foi a vez de Diego Souza tentar marcar seu gol, o meio-campista cobrou falta com categoria e a bola passou raspando o travessão.

A última chance do Leão no primeiro tempo foi com o cara do jogo, Diego Souza. O meia recebeu passe de Renê na pequena área e bateu forte, mas a bola explodiu na zaga do Socorrense.

Segundo Tempo

Na segunda etapa, o meio-campista Diego Souza cansou um pouco e seu rendimento no campo caiu um pouco. Mesmo assim, o ritmo do Leão continuou forte em cima do adversário.

Aos quarto minutos, Diego Souza recebeu pela esquerda e cruzou na cabeça de Rodrigo Mancha, que testou forte e a bola passou tirando tinta da trave direita de Emanuel.

Aos sete, Vitor avançou pela direita e mandou no meio para Mike, o atacante rubro-negro avançou pela entrada da área e bateu rasteiro, colocado, a bola passou raspando a trave do arqueiro sergipano.

Aos 22, em jogada alçada na área, o goleiro do Socorrense socou errado, nos pés de Rithely, que com o gol aberto, pegou de primeira e mandou para fora.

Aos 25, o Leão quase ampliou o marcador, com Durval. O zagueiro leonino recebeu cruzamento e de frente pro gol, tocou por cima do goleiro, mas o zagueiro adversário afastou em cima da linha.

Mas aos 30 não teve jeito, o lateral-direito Vitor foi até linha de fundo e cruzou rasteiro, a zaga adversária tentou cortar, mas a bola sobrou limpa para Felipe Azevedo, que sem goleiro, mandou de primeira para as redes.

Aos 33 minutos, Wendel entrou no jogo e aos 44 ele marcou. Vitor avançou pela direita e cruzou mais uma vez rasteiro, a bola passou por todo mundo e achou o volante leonino, que só fez escorar para dentro do gol.

Na última chance do jogo, o Leão quase marcou seu quarto gol. Aos 39, Joelinton avançou com a bola e da entrada da área, bateu colocado, Emanuel foi buscar.

Ficha do Jogo – Socorrense 0x3 Sport
Socorrense: Emanuel, Aílton, Tonhão (Dennison), Cláudio Baiano e Índio (Róbson Saci); Dácio, Sandro Miguel, Henrique e Júnior Bahia;Tiago Orobó e Joelton (Iraildo). Técnico: Edmílson Santos.
Sport: Magrão; Vítor, Ewerton Páscoa, Durval e Renê; Rithely, Rodrigo Mancha e Diego Souza (Joelinton); Élber (Régis), Felipe Azevedo (Wendel) e Mike. Técnico: Eduardo Baptista.
Competição: Copa do Nordeste (4ª rodada).
Local: Estádio Batistão, em Aracaju (SE).
Árbitro: Gleidson Santos Oliveira (BA).
Assistentes: José Raimundo Dias da Hora e Elicarlos Franco de Oliveira (Ambos da BA).
Gols: Mike, aos 29 minutos do primeiro tempo, Felipe Azevedo, 30 minutos do segundo e Wendel, 35 minutos do segundo tempo para o Sport.
Cartões amarelos: Junior Bahia, Sandro Miguel e Henrique (Socorrense).
Público: 1.234
Renda: R$ 26.730,00
(Texto: Fillipi Torres|Foto: Blog do Torcedor/Divulgação)