Sem muito esforço, Sport vence o Náutico por 2 a 0

por em 23/03/15 às 15:17




Já classificado e sem compromisso algum na competição, o Sport foi até a Arena Pernambuco, e em ritmo de treinou venceu o Náutico pelo placar de 2 a 0. Os gols do Leão foram marcados por Wendel e Ewerton Páscoa.

Com a vitória, o Sport chegou aos 24 pontos, liderando o Campeonato Pernambucano com folga. Já o Náutico, segue em 4ª, com 10 pontos e ainda não está com a vaga assegurada.

O Leão agora foca na Copa do Nordeste, onde enfrenta o Fortaleza, nesta quarta-feira (25), ás 22 horas, na Arena Castelão. Pelo Estadual, os rubro-negros encaram o Santa Cruz, pela última rodada do Hexagonal, um domingo (05), ás 16 horas, na Ilha do Retiro.

Primeiro Tempo

A primeira etapa não foi digna de um clássico, tivemos poucos lances de emoção. Muito pelo desinteresse do Sport, e pela falta de qualidade de adversário.

O Leão seguia trocando passes com facilidade e tranquilidade. Já o Náutico tinham 11 jogadores no campo de defesa e, no ataque, não conseguiam chegar.

Ao oito minutos o Leão chegou com perigo pela primeira vez. Ronaldo fez boa jogada pela direita e cruzou para a grande área, a zaga alvirrubra não cortou a bola, que sobrou para Wendel, que bateu de primeira, por cima do gol de Júlio César.

Aos 30 minutos, Joelinton disputou uma bola área com o defensor alvirrubro, que caiu no chão. O juiz de forma precipitada, expulsou o jovem atacante rubro-negro.

Aos 40, o Náutico chegou com perigo. Gáston cruzou rasteiro para Bruno Alves, o atacante alvirrubro mandou de chapa e a bola passou raspando a trave de Magrão.

Aos 42, Renê tentou dominar uma bola de peito, vacilou e deixou nos pés de Guilherme, que encobriu Magrão, mas a bola beijou o travessão.

Segundo Tempo

Mesmo com um homem a menos no jogo, o Leão começou arrasador na segunda etapa e logo no primeiro minuto balançou as redes. Diego Souza cobrou escanteio, Wendel se desmarcou e cabeceou livre no canto de Júlio César, que ainda tocou na bola, mas não evitou o gol leonino.

Aos nove minutos, o Náutico também teve um jogador expulso. Wendel recebeu na cara do gol e quando ia bater na bola, o lateral-direito Guilherme derrubou o jogador rubro-negro, expulsão direita.

Aos 12 minutos, quase pintava um golaço do Leão. Mike recebeu lançamento e Júlio César conseguiu tirar a bola dos pés do atacante rubro-negro, na sobra, Wendel tentou encobrir o arqueiro do Náutico, mas a bola foi para fora.

Aos 18, o Náutico tentou empatar. Após cobrança de escanteio, Josimar cabeceou e a bola passou nos pés de Patrick Vieira, que não conseguiu empurrar para as redes.

O golpe de misericórdia do Leão veio aos 32 minutos. Renê mandou para Durval, que pela esquerda da grande área, matou no peito, driblou seu marcador e cruzou rasteiro para Ewerton Páscoa, que só fez empurrar para as redes.

Após o segundo gol, o time rubro-negro cozinhou ainda mais seu adversário, trocando passes, ao som de olé da torcida.

Ficha do Jogo – Náutico 0x2 Sport

Náutico: Júlio César; Guilherme, Diego, Welton Felipe e Gastón Filgueira; João Ananias, Anderson Preto (Renato), Fillipe Soutto e Bruno Alves (David); Patrick Vieira (Ronny) e Josimar. Técnico: Lisca.

Sport: Magrão; Oswaldo (Vítor), Ewerton Páscoa, Durval e Renê; Rodrigo Mancha, Ronaldo, Wendell (Elber), Régis (Mike) e Diego Souza; Joelinton. Técnico: Eduardo Baptista.

Competição: Campeonato Pernambucano (9ª rodada – Hexagonal).

Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).

Arbitro: Sebastião Rufino Filho (PE).

Assistentes: Clóvis Amaral e Wlademir de Souza (Ambos de PE).

Gols: Wendel, no primeiro minuto do segundo tempo e Ewerton Páscoa, aos 31 minutos do segundo tempo para o Sport.

Cartões amarelos: Magrão, Renê e Diego Souza (Sport); João Ananias, David e Guilherme (Náutico).

Cartões vermelhos: Joelinton (Sport); Guilherme (Náutico).

Público: 6.063

Renda: 151.925, 00

(Texto: Fillipi Torres|Foto: Sport/Divulgação)