Sport vence o Salgueiro por 3 a 0 e segue 100% no Estadual

por em às 14:49




No clima do Carnaval, o Sport foi quem pulou e festejou, após a vitória de 3 a 0 sobre o Salgueiro, no Cornélio de Barros. Mesmo com um time considerado reserva, o Leão venceu bem o Carcará, com gols marcados por Danilo, Mike e Élber.

Com o resultado positivo, o Sport manteve seus 100% de aproveitamento na competição, com 9 pontos somados, na liderança do Estadual. Já o Salgueiro ainda não venceu e soma apenas um pontinho, e ocupa a 5ª colocação.

Agora o Sport volta seu foco para a Copa do Nordeste, onde a equipe precisa vencer para buscar a classificação. O Leão encara o Socorrense, quinta-feira (19), ás 19h45, na Ilha do Retiro.

Primeiro Tempo

O Leão começou o jogo ligado e não deu espaços para a equipe do Salgueiro. Apertou a saída do adversário e soube sair para o ataque com mais velocidade.

Aos oito minutos, o Sport começou a assustar o adversário. Danilo cobrou escanteio e a defesa do Salgueiro afastou, a bola sobrou para Evandro que chutou perto da meta de Luciano.

O estava maduro e o Leão logo abriu o marcador no Cornélio de Barros. Aos 16, Ronaldo lançou para Élber, que foi até a linha de fundo e cruzou para Danilo, que da marca do pênalti, sem marcação, mandou para as redes.

Mesmo depois de abrir o marcador, a equipe rubro-negra seguiu controlando bem o jogo, tocando de um lado para o outro e tentando buscar espaços para chegar até a área adversária.

Aos 36, o Salgueiro teve seu primeiro bom momento no duelo. Em cobrança de falta, Lúcio mandou no travessão, a bola ainda bateu nas costas do goleiro Danilo Fernandes e não entrou, na volta Marlon mandou de cabeça e acertou a trave do Sport.

A resposta do Leão foi imediata e aos 38 quase marcaram. Danilo cruzou pela direita, Mike se antecipou e mandou de letra, mas Luciano defendeu.

Antes mesmo das equipes irem para o intervalo, o Salgueiro já tinha feito as três modificações permitidas. Não podendo mais mexer na equipe na segunda etapa.

Segundo Tempo 

No começo da etapa final, o Sport foi prejudicado e quase se deu mal na partida. Em dois lances seguidos, a arbitragem marcou dois impedimentos que não existiram.

Pouco depois, aos 11 minutos o zagueiro Oswaldo, do Sport derrubou Jefferson Berger na grande área, e o juiz acertadamente marcou pênalti.

Aos 12, Anderson Lessa foi para a cobrança da penalidade e mandou com muita força, a bola subiu e passou longe do gol rubro-negro.

Aos 24 minutos, a equipe leonina quase marcou seu segundo gol na partida. Danilo cobrou falta, a bola explodiu na barreira, na volta Henrique Mattos rolou para Joelinton, que mandou forte e a bola bateu no poste.

Mas em seguida, não teve jeito, aos 26, o Leão marcou. Élber deu um belo passe para Mike, que na cara do gol, driblou o goleiro Luciano, ajeitou para a perna esquerda e mandou para o fundo das redes.

Pouco depois, o Sport conseguiu correr atrás do seu terceiro gol, com um dos seus melhores jogadores nesta partida. Élber tabelou com Mike e na entrada da área, mandou rasteiro, no canto de Luciano, que não pode fazer nada.

A última chance do jogo, foi do Sport, com Mike, que recebeu belo passe de Neto Moura e na grande área, bateu para fora.

Ficha do Jogo – Salgueiro 0x3 Sport

Salgueiro: Luciano; Tamandaré, Ranieri, Marlon (Michel) e Luís Eduardo (Rogério); Morelândia, Rodolfo, Vitor Caicó e Lúcio (Valdeir); Lessa e Berger. Técnico: Sérgio China.

Sport: Danilo Fernandes; Alex Silva, Oswaldo, Henrique Mattos e Evandro (Neto Moura); Ronaldo (Willian), Wendel, Danilo e Élber (Alisson); Mike e Joelinton. Técnico: Eduardo Baptista.

Competição: Campeonato Pernambucano (3ª rodada).

Local: Cornélio de Barros, em Salgueiro (PE).

Árbitro: Sebastião Rufino Ribeiro Filho (PE).

Assistentes: Ricardo Bezerra Chianca e Marlon Rafael Gomes de Oliveira (Ambos de PE).

Gols: Danilo, aos 16 minutos do primeiro tempo, Mike, aos 26 minutos do segundo e Élber aos 34 minutos do segundo tempo para o Sport.

Cartões amarelos: Valdeir e Rodolfo Potiguar (Salgueiro); Élber, Danilo Fernandes e Wendel (Sport).

Público: 6.694

Renda: R$ 48.230,00

(Texto: Fillipi Torres|Foto: Blog do Torcedor)