Sport joga mal, mas vence o Náutico por 1 a 0

por em 09/02/15 às 20:57




O Leão não jogou bem, verdade seja dita, mas ainda assim, os rubro-negros conseguiram manter 100% no Estadual e ganharam o segundo clássico do ano. Desta vez, para o Náutico pelo placar de 1 a 0, com gol de Samuel.

Com o resultado, o Leão assume a liderança do hexagonal do título, com seis pontos somados. O Náutico aparece na 4ª colocação, com apenas um ponto ganho.

Agora o Leão volta o foco para a Copa do Nordeste, onde recebe o Coruripe, quarta-feira (11), às 19 horas, na Ilha do Retiro. Pelo Estadual, o Sport volta a campo na sexta-feira (13), contra o Salgueiro, ás 19h30, no Cornélio de Barros.

Primeiro Tempo

O Leão começou bem na partida e logo no primeiro minutos assustou com Régis, que sairia na cara do gol, mas a zaga alvirrubra salvou em cima do lance.

Aos 14, o Sport voltou a chegar, com Renê que fez boa jogada individual e passou para Diego Souza, que chegou na frente do gol, mas no hora do chute, furou e perdeu a chance.

Não demorou muito para que o Leão abrisse o placar. Aos 26, Diego Souza invadiu a área do Náutico e chutou forte, Júlio César salvou, a bola sobrou para Danilo, que chutou o ar, mas a bola se ofereceu para Samuel só escorar para as redes.

O Náutico só chegou pela primeira aos 38 minutos. Josimar arriscou uma bicicleta dentro da área, mas a bola foi para fora.

Segundo Tempo

Na segunda etapa, o Leão voltou a apresentar uma caída técnica no seu futebol. Isso favoreceu o adversário que precisava empatar o jogo.

Mesmo mal, a primeira chegada foi do Sport, com Régis, que na marca do pênalti, driblou um adversário e bateu rasteiro, a bola raspou a trave de Júlio César.

Aos 24, o Náutico perdeu uma grande chance. Patrick Vieira dominou a bola e rolou para Flávio que, dentro da área chutou por cima do gol.

Aos 30, o Sport respondeu, com Mancha que recebeu cruzamento de Renê e cabeceou bonito, mas Júlio César defendeu.

Aos 34, o Náutico chegou com perigo, quando Jefferson Nem fez boa jogada e arriscou de fora da área, obrigando Magrão a se esticar todo para salvar o Sport.

Aos 45 minutos, o Náutico balançou as redes, mas o lance estava parado por impedimento do ataque alvirrubro. Após cobrança de escanteio, Diego cabeceou e a bola encontrou Patrick Vieira, que em posição irregular mandou para o gol.

Ficha do Jogo – Sport 1×0 Náutico

Sport: Magrão; Vitor, Ewerton Páscoa, Durval e Renê; Rithely (Neto Moura), Rodrigo Mancha e Danilo (Ronaldo); Régis (Élber), Diego Souza e Samuel. Técnico: Eduardo Baptista.

Náutico: Júlio César; David, Diego, Flávio e Gastón Filgueira; João Ananias, Fillipe Soutto e Jefferson Renan (Patrick Vieira); Bruno Alves (Jefferson Nem), Renato (Guilherme) e Josimar. Técnico: Moacir Júnior.

Competição: Campeonato Pernambucano (2ª rodada).

Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).

Árbitro: Emerson Sobral (PE).

Assistentes: Elan Vieira e Francisco Bezerra (Ambos de PE).

Gol: Samuel, aos 26 minutos do primeiro tempo para o Sport

Cartões amarelos: Régis, Rodrigo Mancha e Ronaldo (Sport); Renato, Diego e Gaston Filgueira (Náutico).

Público: 13.509

Renda: R$ 352.155, 00

(Texto: Fillipi Torres – MeuSport.com)