Em jogo complicado, Sport vence o Socorrense por 3 a 1

por em às 15:20




O Sport ainda não demonstrou o bom futebol que a torcida quer ver, mas a vitória veio em um momento importante para a equipe comandada por Eduardo Baptista. O Leão suou mais venceu o Socorrense por 3 a 1, com gols de Joelinton, Mike e Felipe Azevedo.

Com o resultado positivo, o Sport assumiu a 2ª colocação do Grupo B, com quatro pontos ganhos. Já o Socorrense caiu para a lanterna da competição, com dois pontos.

O Leão agora joga pelo Estadual, já neste domingo (22), diante do Serra Talhada, ás 16 horas, na Ilha do Retiro. Pelo Nordestão, a equipe rubro-negra só volta a campo quarta-feira (25), contra o próprio Socorrense, ás 22 horas, em Sergipe.

Primeiro Tempo

Precisando vencer, o Leão começou bem a partida e tentou por diversas vezes abrir o marcador, contra uma equipe que só sabia se defender.

Aos quatro minutos, o Sport conseguiu criar sua primeira boa jogada, com Mike que tabelou com Joelinton e bateu fraco, nas mãos de Emanuel.

Aos 12, Diego Souza passou para Joelinton, que dominou na meia-lua, puxou para a perna esquerda, mas bateu fraco, chegando fácil para a defesa do arqueiro adversário.

Em nova chegada, o Leão por pouco não marcou seu primeiro gol. Aos 20 minutos, Alex Silva recebeu pela direita e cruzou para o meio da área, Mike se esticou todo mais não alcançou a bola.

A pressão só aumentava e o Socorrense se salvava como podia. Aos 24, Diego Souza mandou uma bomba na cobrança de falta, mas Emanuel mandou para escanteio.

Só aos 37 minutos, os visitantes conseguiram finalizar e assustar a meta de Magrão, com Daniel Caiçara, que pegou uma sobra na entrada da área e bateu forte, perto da trave.

Com o placar zerado, os jogadores do Sport foram para o intervalo sobre fortes vaias de toda a torcida rubro-negra, que estava insatisfeita.

Segundo Tempo

Na volta para a segunda etapa, o treinador Eduardo Baptista modificou duas peças. Sacou Danilo e Alex Silva, para as entradas de Régis e Felipe Azevedo.

O Leão começou colocando pressão em cima do adversário e logo aos dois minutos, Renê cruzou para a área e Régis cabeceou bonito, mas a zaga sergipana afastou em cima da linha.

A resposta do Socorrense veio rápida e muito perigosa. Aos três minutos, Daniel Caiçara cobrou falta com perigo, a bola desviou na zaga rubro-negra e explodiu no travessão de Magrão.

Com um time bastante ofensivo, o Leão ofereceu muito espaço ao adversário e em um contra-ataque, o Socorrense marcou seu gol. Aos sete, Tiago Orobó arrancou do meio do campo, deixou Éwerton Páscoa no chão e bateu forte de esquerda, no canto de Magrão.

A alegria dos visitantes durou apenas dois minutos. Aos nove, Felipe Azevedo fez boa jogada e cruzou da direita para Joelinton que, sozinho na pequena área, empurrou para as redes.

Aos 12, quase que o Socorrense conseguia marcar seu segundo gol. Novamente com Tiago Orobó, que recebeu cruzamento, dominou no peito e mandou uma bicicleta, a bola perto do travessão.

A partir dos 25 minutos, o Sport comandou uma blitz enorme sobre seu adversário, que só conseguia se defender de forma aplicada.

Aos 29, Renê avançou pela esquerda e passou para Régis, que da entrada da área bateu colocado e a bola passo raspando a trave de Emanuel.

Aos 30, o Sport buscou sua tão sonhada virada no placar. Diego Souza lançou para Mike, a defesa do Socorrense se atrapalhou e Sandro Miguel perdeu para o atacante leonino, que dominou, puxou para a canhota e bateu colocado, no ângulo.

Aos 41, o Leão matou o jogo e tranquilizou seu torcedor que já festejava a vitória. Diego Souza dominou pela esquerda, driblou se marcador e cruzou na marca do pênalti, para a chegada de Felipe Azevedo, que soltou a bomba de canhota, para o fundo das redes.

Ficha do Jogo – Sport 3×1 Socorrense-SE

Sport: Magrão; Alex Silva (Felipe Azevedo), Páscoa, Durval e Renê; Rithely, Rodrigo Mancha e Danilo (Régis); Mike, Diego Souza e Joelinton (Élber). Técnico: Eduardo Baptista.

Socorrense: Emanuel; Cosme, Tonhão, Cláudio e Saci (Jorginho); Denisson (Índio), Miguel, Henrique e Júnior; Orobó e Caiçara (Léo). Técnico: Edmilson Santos.

Competição: Copa do Nordeste (Grupo B – 3ª rodada).

Local: Ilha do Retiro, Recife (PE).

Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB).

Assistentes: José Maria de Lucena Netto e Oberto da Silva Santos (Ambos da PB).

Gols: Tiago Orobó, aos seis minutos do segundo tempo para o Socorrense; Joelinton, aos nove minutos do segundo, Mike, aos 30 minutos do segundo e Felipe Azevedo, aos 42 minutos do segundo tempo para o Sport.

Cartões amarelos: Mike (Sport); Júnior, Índio, Tiago Orobó, Emanuel e Sandro Miguel (Socorrense).

Público: 4.726.

Renda: R$ 62.915.

(Texto: Fillipi Torres|Foto: Blog do Torcedor)