Defesa cochila duas vezes e o Sport cede o empate para o Criciúma

por em às 21:30




Diante de um adversário fragilizado o Sport teve todas as chances de conquistar sua terceira vitória seguida fora de casa mas terminou num empate por 2×2 diante do rebaixado Criciúma, neste sábado (29), no Heriberto Hulse. O resultado manteve o time pernambucano na briga por uma vaga na Copa Sul-Americana com 49 pontos. No entanto, a real situação só será conhecida neste domingo (30), quando terminarem os jogos da penúltima rodada do Brasileirão 2014.

O Sport assumiu a responsabilidade pelo jogo – afinal era o único time em campo a aspirar alguma coisa – e partiu para o ataque, mesmo sem a bola. Joelinton, Mike e Diego Souza adiantaram a marcação e o Criciúma mostrou dificuldade para sair jogando. Aos poucos, o time pernambucano foi aumentando o volume de jogo até o gol sair naturalmente. Numa linha de passe, Mike rolou para Joelinton, de calcanhar, deixar Patric cara a cara com o goleiro. O lateral artilheiro ajeitou e bateu de canhota para fazer 1×0.

A facilidade encontrada para marcar o gol fez o time da Ilha mudar a postura. A primeira linha de marcação recuou para tentar surpreender no contra-ataque. Apesar de ganhar mais campo o Criciúma não encontrou a movimentação adequada para quebrar a compactação leonina, tanto que as bolas mandadas para a barra de Magrão erraram o alvo. O Sport também errou. Quando teve oportunidades falhou no passe final. Diego Souza tentou resolver sozinho aos 40, mas deixou para finalizar muito em cima do goleiro, que conseguiu fazer a defesa.

O ritmo lento do final do primeiro tempo foi mantido pelo Sport no início do segundo e, desta vez, saiu caro. Aos dois minutos Durval furou, Ewerton Páscoa não conseguiu cortar e aos trancos e barrancos, Lucca conseguiu dominar a bola chutar no canto direito de Magrão para deixar tudo igual.

A atitude do Sport subsequente mostrou que o time da Ilha venceria quando quisesse. O problema é que parecia não querer muito enquanto o adversário venceria se pudesse. E podia cada vez mais. Foi assim que o leão desempatou aos 12 numa cabeçada de Ewerton Páscoa e tomou o novo empate dez minutos depois em outra jogada em que Lucca teve que tentar duas vezes. Usando melhor os lados do campo, o time da casa dominou as ações e chegou perto da virada.

Cem por cento
Como não levou cartão, o lateral-esquerdo Renê pode jogar sua 38ª partida no próximo domingo diante do São Paulo. Para isso basta não se machucar durante a semana. Algo raro para um jogador de linha, ainda mais do sistema defensivo.

Baixa rotação
O Sport não conseguiu repetir a intensidade dos jogos contra Fluminense e Palmeiras. Em momentos esporádicos da partida, quando retomou aquele ritmo marcou seus dois gols. Mostrou que se mantivesse o foco poderia ter um resultado bem melhor.

O artilheiro
Foi o terceiro gol de pé esquerdo do lateral-direito Patric, artilheiro do Sport no Brasileirão 2014 com sete. O jogador é um dos pilares do time de Eduardo Baptista na competição.

Estreante
Se Patric é o veterano em gols no Leão, o calouro foi o zagueiro Ewerton Páscoa. Depois de marcar contra no 2×2 com o Fluminense na rodada passada, o defensor anotou pela primeira vez no Brasileirão. No primeiro semestre, ainda como volante, fez dois gols, ambos em clássicos – um contra o Náutico e outro diante do Santa Cruz.

Ficha do jogo:

Criciúma: Edson; Rafael Pereira, Iago Maidana, Fábio Ferreira e Giovanni; João Vitor (Maicon Silva), Barreto, Cleber Santana (Gabriel) e Douglas Moreira (Gustavo); Roger Guedes e Lucca. Técnico: Luizinho Vieira (interino).

Sport: Magrão; Patric, Durval, Ewerton Páscoa e Renê; Wendell (Willian), Rodrigo Mancha, Rithely e Diego Souza (Régis); Mike e Joelinton (Ananias). Técnico: Eduardo Baptista.

Local: Heriberto Hulse, Criciúma (SC). Árbitro: Wagner Reway. Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis e Eduardo Goncalves da Cruz. Gols: Patric, aos oito do primeiro. Lucca, aos dois; Ewerton Páscoa, aos 12; Lucca, aos 22 do segundo tempo. Cartões amarelos: Cleber Santana, Iago Maidana e João Vítor.

Redação MeuSport
Com informações do Blog do Torcedor

  1. Eliasport disse:

    Empate com sabor de derrota. Cadê os Meias e Atacantes do Sport? A defesa além de desorganizada, só pensa em fazer gols. Quero ver contra o São Paulo se vai continuar essa bagunça. O técnico por sua vez, ver tudo e nada faz.