Mesmo com muitos gols perdidos, Leão vence o Palmeiras de virada na Arena

por em às 22:24




O Sport não começou bem a partida, permitiu a marcação adiantada do Palmeiras e parecia que o adversário iria estragar a festa leonina na Arena PE. O Leão tomou um gol no começo do jogo, mas quando o adversário passou a marcar no campo de defesa, foi encontrado espaços e as chances apareceram para vencer o time paulista, de virada, por 2×1, em jogo realizado nesta quarta-feira, na Arena PE.

Os gols rubro negro foram marcados por  Patric e Fábio (contra). Herinque fez o tento alviverde.  A proposta do  Palmeiras em manter o resultado foi equivocada e cedo de tomar numa partida que ainda estava nos 15 minutos do primeiro tempo, assim, o Alviverde abdicou de qualquer coisa que o fizesse ser ainda mais ofensivo e buscar o segundo. Não saiu goleado porque o seu goleiro estava iluminado e fez várias defesas importantes, mas aumentou ainda mais a crise, e logo no ano de seu centenário.

Pelo Sport o nome do jogo foi Patric, autor de um dos gols e participativo no outro o lateral, que não começou bem o jogo, aos poucos foi crescendo em campo e ajudou o time a sair com a vitória.  Diego Souza e Ibson estrearão, foram discretos, mas importantes para conquistar a sétima vitória. Agora, o Sport é o sexto colocado com 25 pontos, mas pode perder posições com o complemento da rodada. Na próxima rodada o Leão encara o Fluminense no Maracanã, no domingo.  Já o Palmeiras caiu para o 19° lugar com 14 pontos e a crise só aumenta no Palestra Itália. O próximo compromisso do Verdão será diante do Coritiba no Pacaembu, no sábado

O jogo

O Sport começou mal, nervoso, desencontrado em campo e aceitando a marcação sob pressão do Palmeiras. Ricardo Gareca, técnico Alviverde, foi esperto e adiantou um de seus três volantes, o que tem mais qualidade no passe, Wesley. Ele auxiliou Allione na criação de jogadas e por isso os visitantes começaram melhor. Patric não entrou bem no jogo e Renê esteve preso na marcação de Wendel e Allione.

Quem estava bem no jogo era Régis, fez duas boas jogadas mas se machucou sozinho e teve que ser substituído por Ananias. Dois minutos após a saída de Régis o Palmeiras chegou ao gol com Henrique, que aproveitou o rebote de Magrão, após boa defesa do goleiro rubro negro. Com o gol o Palmeiras recuou e deu espaço para o Sport. Sem um meia centralizado o time apostou nas laterais, principalmente com Patric, que foi melhorando em campo.

No primeiro gol, aos 22 minutos, ele cobrou a falta na área alviverde e contou com a falha do goleiro Fábio. Os palmeirenses pediram falta no arqueiro, mas Héber não caiu na onda e confirmou o gol. O Sport melhorou bastante e partiu em busca do segundo gol. Enquantoo Palmeiras ainda apostava nos contra ataques, e não conseguiu criar boas oportunidades.

Aos 31, Patric soltou uma bomba da intermediária após confusão na área do Palmeiras. Era o gol da virada e para dar tranquilidade eo Leão em campo para o segundo tempo.

Mas poderia ter saído mais gols. Aos 38 Patric fez lindo lançamento para Felipe Azevedo que chutou forte e Fábio fez outra grande defesa. Na última grande chance do primeiro tempo, Neto Baiano escorou o cruzamento rasteiro de Patric na trave.

No segundo tempo Ricardo Gareca apostou tudo em busca do empate colocando os atacantes Diogo e Leandro, tirando Mouche e Allione. Mas pareceu ser seis por meia dúzia as trocas do técnico argentino. Pelo lado do Sport, Eduardo Baptista iniciou com o mesmo time e esperou até os 17 minutos para mudar outra vez. Ibson fez a sua estreia e entrou no lugar de Érico Junior.

Era o sinal de que o time já não precisava de tanta ofensividade. As chances continuaram pelo lado direito com Patric, em duas oportunidades ele deixou de tocar para um companheiro e arriscou o chute, não foi a melhor opção. Eduardo Baptista resolveu promover a segunda estreia da noite, Diego Souza entrou no lugar de Felipe Azevedo. Os estreantes foram discretos na primeira aparição com a camisa rubro negra, mas buscaram o jogo, correram e ajudaram o Sport a segurar os três pontos.

FICHA TÉCNICA – SPORT 2X1 PALMEIRAS

Sport: Magrão; Patric, Oswaldo, Durval e Renê; Rithely, Wendel e Régis (Ananias); Felipe Azevedo (Diego Souza), Érico Júnior (Ibson) e Neto Baiano. Técnico: Eduardo Baptista.

Palmeiras: Fábio; Wendel, Victorino, Tobio e Victor Luis; Renato, Marcelo Oliveira, Wesley e Allione (Leandro); Mouche (Diogo) e Henrique. Técnico: Ricardo Gareca.

Série A (16ª rodada). Local: Arena Pernambuco, São Lourenço da Mata (PE). Árbitro:  Heber Roberto Lopes – SC. Auxiliares: Kleber Lucio Gil e Carlos Berkenbrock (Ambos  de Santa Catarina). Gols: Palmeiras – (Henrique, aos 13min do 1°t) Fábio (contra, aos 22 do 1°t); Sport (Patric, aos 31 min do 1°t).
Público: 22.764.
Renda: R$ 624.655

Redação MeuSport
Com informações do NE10

  1. ir. socorro freire disse:

    Parabenizo o técnico e toda equipe. Valeu meu sacrifício e não assistir ao jogo para ver meu time gloriosa. Estou feliz alias toda nação RUBRO NEGRA foi dormir feliz e acordou feliz..
    Rumo ao sul americano..
    Fiquem com Deus e que Deus os abençoe.