Sport vence outra vez o Maranhão e está classificado para a final da LBF

por em 05/04/14 às 14:02




O Sport garantiu presença na grande final da Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2013/14 ao derrotar o Maranhão Basquete, neste sábado (05 de abril), por 57 a 48 (40 a 46 no primeiro tempo), em jogo realizado no ginásio Marcelino Lopes (Ilha do Retiro), em Recife (PE), válido pela segunda rodada da série melhor-de-três do playoff – semifinal. Com a este resultado, o time comandado pelo técnico Roberto Dornelas fechou esta disputa com duas vitórias e nenhuma derrota.

O Rubro-Negro que luta pelo bicampeonato, começou bem a partida, apoiado pela torcida que compareceu em excelente número, com boa presença da ala Palmira Marçal, mas o Maranhão Basquete foi crescendo gradativamente e, graças à variação defensiva que dificultou a vida do adversário, conseguiu a virada, com destaque para o bom trabalho da armadora norte-americana Briann January (13 a 16).

O segundo quarto foi marcado pelos erros, provocado pelas precipitações ofensivas, com as defesas levando vantagem sobre os ataques. Na parte derradeira do período, o time pernambucano conseguiu desgarrar, com a ala Palmira Marçal aparecendo bem nos tiros de média e longa distância (10 a 07).

Na volta do intervalo, o time maranhense entrou muito bem e logo aumentou a vantagem para 10 pontos, com ótimo desempenho ofensivo da lateral Iziane Castro. Em seguida, com a força do seu torcedor, a equipe rubro-negra contou com boa performance da lateral norte-americana Tiffany Hayes para igualar as ações. No final do período, entretanto, o Maranhão Basquete voltou a crescer e fechou na frente, com a Briann January rendendo muito bem (17 a 23).

No quarto final, a partida mudou radicalmente, com o Sport crescendo bastante e o Maranhão Basquete caindo de produção. Quando o placar apontava 8min15 para o final, através de uma bola certeira de três pontos de Tiffany Hayes, o time da casa passou a frente e levou o seu participativo torcedor ao delírio. Na sequencia, o time de Roberto Dornelas manteve o ritmo e abriu vantagem, com boa presença da dupla de pivôs Nádia Colhado e Erika de Souza (17 a 02).

Os principais nomes da partida foram a norte-americana Tiffany Hayes (19 pontos e 08 rebotes), Palmira Marçal (12 pontos), Nádia Colhado (09 pontos, 13 rebotes e 01 assistência) e Erika de Souza (08 pontos e 10 rebotes).

“Sabíamos que seria um jogo muito difícil, com o Maranhão buscando a vitória, mas contando com a força desta torcida maravilhosa do Sport, seria muito difícil perdermos essa partida em nosso ginásio. Agora, é descansar um pouco e, na sequencia, já focar a série final contra o Americana, que também será muito dura”, comenta a pivô Erika de Souza.

“Este foi um jogo bastante disputado, com as duas equipes errando e levou vantagem a equipe que tem o melhor plantel, que vem trabalhando muito bem. Nós fizemos um bom campeonato, conseguindo um rendimento favorável na maioria dos jogos”, analisa o técnico Antônio Carlos Barbosa, do Maranhão Basquete.

Redação MeuSport