Geninho não é mais técnico do Sport

Publicado em: 31/01/14 às 11:03

Levar o Sport de volta à elite do futebol brasileiro não foi o suficiente para segurar Geninho no cargo de técnico do Leão da Ilha em 2014. A falta de vitórias e o futebol nada vistoso apresentado pela equipe fizeram o primeiro treinador do Sport na temporada ser demitido.

E em uma conversa na tarde da última quinta feira(3o), foi decidido que Geninho não é mais técnico do Rubro negro da Praça da Bandeira.

Em cinco jogos no ano, três empates(Contra Confiança, Botafogo-PB e Guarany-CE) e duas derrotas(Náutico-PE  e Guarany-CE) levaram o Sport a ter um de seus piores começos de ano do milênio, com isso, alguém tinha que pagar o preço. E sobrou para o comandante.

Opinião:

Agora será que o problema é o treinador apenas?

1 – Ele pediu inúmeras vezes a contratação de uma carência que o elenco tinha – Tinha não, tem! -, que era a de um camisa 10. A camisa 10 que deveria ser entregue a um meia armador, criador, que deixe os atacantes na cara do gol, prestes a marcar o tento.

2 – Fazer um camisa 8, que é considerado um terceiro homem do meio, de camisa 10 foi um dos maiores erros de Geinho este ano.

Mas por qual motivo ele fez isso?

Por casa da falta de um camisa 10.

3 – Geninho tem culpa sim neste barco chamado Sport. O Leão não tem um elenco tão igual ao Náutico, ao Botafogo e ao Guarany. Mesmo com a desculpa de não ter um camisa 10, a obrigação do time da Praça da Bandeira era vencer seus adversários, pois como já tinha dito Neto Baiano, O Sport é time de Primeira Divisão e tem a responsabilidade de entrar como favorito e vencer.

Vamos aguardar para ver o que será feito pela diretoria, já que Geninho foi o décimo sétimo treinador que o Sport teve após a conquista da Copa do Brasil.

Porém, apesar de tudo isso, tem que ser salientando que reforços tem que chegar, uma estrutura tem que se criar e um planejamento tem que ser montado para que os anos de 2009 e 2012 não venham a se repetir em 2014.

Confira a lista dos técnicos que passaram pelo Sport de 2009 até 2014:

2009: Nelsinho Batista, Leão e Chamusca.

2010: Givanildo Oliveira, Toninho Cerezo e Geninho.

2011: Geninho, Hélio dos Anjos, PC Gusmão e Mazola.

2012: Mazola, Mancini, Waldemar Lemos e Sérgio Guedes

2013: Vadão Sérgio Guedes, Marcelo Martelotte e Geninho.

Esperamos que em 2014 essa lista não seja aumentada drasticamente.

 

Por: Rodrigo Zovka