Em partida festiva o Sport não sai do zero a zero contra o rebaixado Paysandu

por em 01/12/13 às 1:22




Na última rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o placar de Sport e Paysandu não foi alterado. A torcida compareceu em peso para comemorar o acesso à Série A e incentivou o clube a conquistar mais uma vitória, mas sem eficiência. Com o empate por 0 a 0, o Sport terminou a competição na 3ª colocação com 63 pontos.  A reapresentação do elenco leonino está programada para o dia 2 de janeiro.

Se na torcida o clima era de festa, dentro de campo não foi visto nada de diferente. O Sport levou perigo à meta do Paysandu em poucos lances e não sofreu muita pressão do time paraense. A primeira etapa foi sem muitas emoções e com poucos lances objetivos de gol. Precisando da vitória a todo custo, a primeira oportunidade foi do Papão.

Aos 11, em bola levantada, Leonardo cabeceou e Magrão defendeu sem dificuldade. Aos 18, Lucas Lima achou Neto Baiano, mas o centroavante rubro-negro perdeu boa chance. Aos 22, Lucas Lima recebeu de Patric e serviu Marcos Aurélio, mas o meia-atacante leonino chutou por cima da meta adversária. Aos 30, Patric lançou e o zagueiro se atrapalhou no lance.

Após a falha, a bola sobrou para Lucas Lima, que carregou a bola e chutou em cima de Matheus. Aos 35, Marcos Aurélio recuperou um lance que parecia perdido e tocou para Rithely, que estava na pequena área. O volante driblou um zagueiro e chutou na rede do lado de fora. Aos 39, Marcelo Cordeiro tocou para Neto Baiano, que chutou forte e no canto, porém o goleiro celeste espalmou no reflexo.

Diferente da inicial, a etapa final foi morna. Tão morna que o Sport voltou sem criatividade. Antes mesmo do primeiro minuto, o Heliton aproveitou falha da zaga, armou contra-ataque sozinho e chutou fraco em cima de Magrão, que pouco trabalhou. Apesar disso, o único bom momento rubro-negro só veio acontecer após a torcida cantar incentivando o time. Aos 22, Patric cruzou na medida para Neto Baiano, que mesmo livre de marcação, cabeceou para fora.

Ficha do Jogo

Estádio: Ilha do Retiro
Árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho (CE)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa (RJ) e Nadine Schramm Câmara Bastos (SC)
Público: 30.017, Renda: R$ 461.805,00
Cartões amarelos: Marcelo Cordeiro (S) e Heliton (S)
Sport: Magrão; Patric, Oswaldo, Vinícius Simon e Marcelo Cordeiro; Tobi, Rithely (Sandrinho), Aílton (Ronaldo) e Lucas Lima (Felipe Azevedo); Marcos Aurélio e Neto Baiano. Técnico: Geninho.
Paysandu: Matheus; Yago Pikachu, Leonardo D’agostini, Fábio Sanches e Pablo; Caio (Washington Chileno), Murilo, Jaílton e Araújo); Héliton (Aleílson) e Dennis (Careca). Técnico: Rogerinho Gameleira (interino).

Redação MeuSport

  1. Antonio Cruz disse:

    Salvei o tópico desse torcedor do Sport, para mostrar como as vezes é o próprio torcedor do Sport que desqualifica o próprio Sport. Na postagem dele, a qual coloco abaixo: Ele diz que: segundo o Footstats apenas dois (2)Jogadores do Sport entraram na relação dos 20 melhores na série B. Só que ele esqueceu de dizer que apenas dois (2)jogadores da Chapecoense vice campeão foram relacionados, e que apenas quatro(4) do Palmeiras “campeão” foram relacionados. E ele diz mais adiante que: na lista dos 60 jogadores apenas três (3)do Sport foram relacionados, outro engano ou maldade. Na realidade na relação dos 60 jogadores foram relacionados seis(6) jogadores, foram eles: Marcos Aurélio, Lucas Lima, Patric, Tobi, Rithely e Anderson Pedra.

    Que os caras não gostem dos dirigentes de alguns jogadores, do treinador, tudo bem! Agora, não gostar do Sport, ao ponto de tentar desqualificar o time, é demais.

    Hoje 00:06 #1

    Leandro Freire

    Leandro Freire está offline Profissional Leandro Freire Popular Leandro Freire Popular Leandro Freire Popular Leandro Freire Popular Leandro Freire Popular Leandro Freire Popular

    Registrado em:24-12-2007Posts:2,783

    Padrão Sport só tem dois jogadores entres os 20 melhores da série B

    São eles: Marcos Aurélio e Lucas Lima

    A fonte é o site Footstats, especializado em estatísticas: http://www.footstats.net/indices/#j250

    Sei que futebol é um esporte onde há muito espaço para subjetividades…. mas os números não mentem: quem está nas primeiras posições, alguma qualidade deve ter. Vejo alguns foristas implicando com o Lucas Lima, dizendo que é sonolento, disperso, sem raça, etc… até aí eu concordo, principalmente com relação ao fato dele chutar pouco ao gol. Mas considerá-lo um jogador descartável e facilmente substituível é de uma completa falta de bom senso; coisa de torcedor recalcado que fica de “birra” com certos atletas.

    Algumas curiosidades:

    -Entres os 60 melhores, só temos 3 jogadores: Marcos Aurélio, Lucas Lima e Patric.
    -Marcos Aurélio é primeiro em “assistência gol” e o sexto em “assistência finalização” nessa série B: http://www.footstats.net/jogadores/1…relio/#c-t2013
    -Lucas Lima é o terceiro “em assistência gol” e o quarto em “assistência finalização”: http://www.footstats.net/jogadores/39290/lucas-lima/
    – Patric é o quinto em “assistência gol”: http://www.footstats.net/jogadores/18264/patric/

    OBS: Considerando a mediocridade que tem sido nossa política de contratações desde o segundo semestre de 2009, Recomendo que nossos geniais dirigentes ao menos se baseiem em estatísticas antes de contratar os jogadores para 2014 (pois assistir e avaliar partidas de um jogador antes de contratá-lo é pedir demais a eles ). Esse site seria um boa ferramenta para isso.

  2. ADEMIR HORA disse:

    EM MEIO DE TRANCOS E BARRANCOS CONSEGUIMOS O OBJETIVO. ESPERAMOS EM 2014 QUE ESSES COMPETENTES DIRIGENTES NÃO ERREM TANTO COMO EM NESSE ANO.
    E LEBREM, VAMOS DISPUTAR UMA SERIE A, ESSE NOSSO PLANTEL DE JOGADORES TEM QUE SER REVISTO. AGORA SE QUISER ACOMPANHAR O PENSAMENTO DA TORCIDA COMECE LOGO A DISPENSAR. G.LUCAS, PERÍ, GABRIEL, TOBI , PEREIRA, AÍLSON ,F. BAIA, R. PEREIRA , CAMILO, P. SILVA, D. MAURICIO E NUNES, E CONTRATEM, PAULO SERGIO, TOLOI, DURVAL, WENDEL, L. GUERREIRO, C.PARAIBAI, ELIAS, RODRIGUINHO, OSVALDO E W.PAULISTA.