Time de Basquete feminino faz momento de integração e lazer

por em às 14:06




Ao invés dos da cesta, os pinos. No lugar do garrafão, a pista. A bola era diferente. O placar, sempre individual. Assim foi a noite de sexta-feira (18 de outubro) para o time de basquete feminino do Sport Recife. O técnico Roberto Dornelas decidiu trocar os trabalhos na quadra do ginásio Jorge Maia pela pista de boliche do Shopping Rio Mar. Objetivo: integração do grupo e um momento de lazer diferente para a equipe.

Com todo o grupo uniformizado, difícil mesmo foi chegar à pista. Antes de começar o jogo, momento para fotos da torcida presente. Até uma criança que estava comemorando nove anos no local saiu da festa para tirar fotos. Após atender a todos, começa o duelo.

Mas se a torcida rubro-negra está acostumada com grandes apresentações na quadra, o mesmo não veria no boliche. Com raras exceções, o resultado foi… deixa para lá. O que o torcedor quer mesmo é o bicampeonato da Liga de Basquete Feminino (LBF).

“A ideia não é que ninguém vença ou ganhe. É proporcionar um momento para o grupo se conhecer também fora da quadra, criar vínculo e promover a união. Uma Liga não se vence apenas com o que é feito dentro de quadra”, afirmou a psicóloga da equipe Rosângela Dornelas.

Redação MeuSport
Com informações da LBF