Sport perde para o Pinheiros

por em às 9:23




Mesmo jogando com um ginásio lotado a equipe masculina de basquete do Sport não conseguiu segurar o time do Pinheiros/SKY que venceu por 83×69 em confronto válido pela quarta etapa da competição Sub-22.

Mesmo com um elenco jovem, somente com jogadores até 19 anos, a equipe pinheirense não sucumbiu diante da barulhenta torcida do Sport e teve uma boa atuação. Com a derrota, o Sport ficou com 48 pontos e se complicou na briga por um lugar entre os oito primeiros colocados. Sem poder contar com o ala/pivô Durval, que sofreu uma fratura por estresse no pé esquerdo, além de ter perdido o ala/armador Felipe Vezaro, que acertou com Joinville, a equipe não teve uma boa produção ofensiva.

O jogo

Sem se importar em atuar na casa do Sport, diante da barulhenta torcida rubro-negra, o Pinheiros imprimiu um ritmo agressivo e abriu oito pontos de frente (10 a 2) logo de cara. Mas do outro lado, o ala Breno resolveu chamar a responsabilidade. Com oito pontos seguidos, o jogador colocou o time anfitrião em vantagem (10 a 9).

A partir de então, os pernambucanos conseguiram manter a liderança no placar durante todo o primeiro, muito por conta de boas jogados do armador Vitinho, que saiu muito bem do banco de reservas. Enquanto isso, o time paulista exagerou nas tentativas erradas da linha de três pontos e não conseguiu evitar que os rivais terminassem a parcial inicial na frente, por 23 a 19.

O cenário do jogo mudou completamente no início do segundo período. Com uma rápida sequência de 5 a 0, os pinheirenses não demoraram a reassumir a ponta do placar (24 a 23). Sem conseguir se encontrar diante da forte defesa do clube de São Paulo, os pernambucanos tiveram um desempenho ofensivo ruim e anotaram oito pontos na parcial. Sendo assim, os comandados do técnico Brenno Blassioli tiveram carta branca para contra-atacar e segurar a liderança do jogo (37 a 31) antes da chegada do intervalo.

O domínio pinheirense se manteve no terceiro quarto. Após pouco produzir no primeiro tempo, Bruno Caboclo apareceu bem no período, tanto na pontuação como na briga pelos rebotes, e foi peça chave para que a equipe paulista aumentasse ainda mais sua vantagem. Depois de uma vitória parcial por 20 a 14, os paulistas chegaram para o último quarto com 12 pontos de frente: 57 a 45.

O último período foi um teste de fogo para o Pinheiros. Mas a equipe foi “aprovada”.Mesmo com o Sport tentando reduzir sua vantagem no placar a todo o custo, o Pinheiros não titubeou e apresentou muita tranquilidade para não deixar com que a diferença no placar baixasse. Todas as vezes que o Sport tentou iria entrar de vez no jogo, os paulistas sempre responderam à altura jogaram um balde de água fria nos rivais. Nem o barulho vindo das arquibancadas, nem a boa produção ofensiva dos nordestinos foram capazes de impedir que os pinheirenses confirmassem a importante vitória sem sustos.

Redação MeuSport

  1. Antonio Cruz disse:

    Tem torcedor que posta pelo simples prazer de postar. Vejam o caso do Torcedor CARLOS CAMARA Se ele chama isso de analise, então vou co0locar abaixo o que entendo como ANALISE:

    Hoje 13:17 #1

    Avatar de Carlos Camara

    Carlos Camara

    Carlos Camara está offline Profissional Carlos Camara Começando bem

    Registrado em:14-05-2003Localização:Olinda, PEPosts:1,492

    Irritado Analisando a sequência de jogos de cada um:

    Podemos concluir que, após mais uma derrota besta, colocamos o Avaí na série A 2014.
    Vamos brigar até o final com Paraná, Ceará, Icasa, América MG, Joinville e Figueirense pela última vaga.
    Tudo por causa de jogos ridículos como Bragantino, Chapecoense e Icasa na Ilha e São Caetano, Paysandu, ABC, Avaí fora de casa.
    Nesses 7 jogos, dava pra ter conseguido pelo menos uns 4 empates…

    Agora vai ser agonia.

    A partir da 29º rodada, o AVAÍ tem os seguinte confrontos direto: Chapecoense, em casa, Figueirense casa, e Ceará fora de casa, Com os time mediano ele tem: ACG Goiás, fora, Paysandu fora, Bragantino, casa, Asa, fora. América Natal casa. Abc, fora. Boa esporte casa. GRAU DE DIFICULDA = 7.
    AMARICA MINEIRO, confronto direto com: Chapecoense, em casa, Sport, fora, Ceará, fora, Joinville fora. com times mediano joga contra, Abc, em casa, ACG Goiás, casa, América Natal, fora, São Caetano, fora. Asa, casa. Paysandú casa. Boa esporte, casa. GRAU DE DIFICULDADE = 9 .
    ICASA, tem confrontos direto com: Joinville, fora, Palmeiras, casa, Figueirense, casa. Paraná fora. Chapecoense, fora. com times mediano joga contra: Oeste, fora. São Caetano fora. Boa esporte casa. Abc, fora. Bragantino, fora. Paysandu em casa. GRAU DE DIFILCUDADE = 9
    JOINVILLE tem confrontos direto com: Paraná, fora, Icasa, em casa. Figueirense fora. América Minas, casa. Ceará fora. Palmeiras fora. com os times medianos ele joga contra: São Caetano fora. Oeste , casa. Paysandu casa. Boa esporte fora. Abc, casa. GRAU DE DIFICULDADE = 9
    PARANÁ tem confrontos direto com Ceará fora, Joinville fora. Chapecoense casa. Sport fora. Icasa, em casa. Palmeiras em casa. com os times medianos ele joga contra: América natal fora. Bragantino casa. ACG goiás casa. Boa esporte fora. Guará fora. GRAU DE DIFICULDADE= 9
    FIGUEIRENSE tem confrontos direto com Palmeiras fora. Joinville casa. Icasa, fora. Avaí, fora. Chapecoense fora. joga ainda com os time medianos, São Caetano, fora. Paysandu casa. Guará casa. Abc casa. Asa. casa. Bragantino fora. devido a pontuação baixa, o GRAU DE DIFICULDADE = 9
    CEARÁ, tem confrontos direto com Paraná em casa. Chapecoense fora. América Minas, casa. Sport .casa. Avaí casa. Palmeiras fora. Joinville casa. joga contra os time medianos contra América natal fora. ACG goiás fora. Guará fora. devido a quantidade de confrontos direto o GRAU DE DIFICULDADE = 9
    E o SPORT bom! na minha visão dois jogos serão de suma importância para os objetivos e a tranquilidade do time na competição, as vitórias em cima do Oeste e do América de Minas em casa. pois aí o Sport chegaria aos 52 pontos e só com os jogos contra time mediano ele já se classificaria para série A. senão vejamos: os 5 jogos contra os times medianos seriam: ACG goiás, fora, Boa Esporte, fora. e Asa, São Caetano e Paysandu em casa. com as vitórias em cima desses times somaria 15 pontos com os 52 já conquistado chegaria a soma de 67 pontos. Vejam que estou desprezando os resultados dos confrontos contra Ceará fora, Chapecoense fora e Paraná em casa. E aí meu GRAU DE DIFILCULDADE PARA O SPORT É = 7 , Essa é minha analise nobre CARLOS CAMARA.

  2. Antonio Cruz disse:

    Nessa minha analise acima deixei de colocar alguns pontos importante nas graduações de dificuldades do times. por exemplo: O AVAÍ se não retornar os atletas contundidos vai ter dificuldades na reta final. PARANÁ, além dos confrontos direto sendo três deles fora de casa, se não pagar os salários não chega, os jogadores perderam a tesão. JOINVILLE vem em queda livre, tanto que dispensou o treinador e na reta final, isso é ruim. AMERICA DE MINAS falta elenco, contrataram Magrão ex- Náutico e o cara já está no DM. CEARÁ, o grande problema é como falei acima, a quantidade de confrontos diretos são 7. JÁ no SPORT, se Geninho deixar de teimosia e tirar Felipe Azevedo e colocar como titular Neto Baiano, ajustar o meio de campo com Ailton e Lucas Lima, os Volante com Rafael e Rithely ou Chumacero. e definir a zaga, tirando Tobi, sem dúvida chegaremos com sobra na reta final. Vejam que estou colocando ajuste e não falta de qualidade ou ausências por contusões.