Contra o Paulistano o Sport consegue a sua primeira vitória diante da torcida em Recife

por em às 18:29




O Sport Club do Recife enfim conseguiu sentir o gosto de vencer ao lado de seu torcedor. Após duas derrotas nas duas primeiras partidas como mandante, o time rubro-negro conquistou o primeiro triunfo como anfitrião, ao bater o Paulistano/Unimed, nesta quinta-feira, por 59 a 56.

Além de poder comemorar a vitória ao lado de seu torcedor, a equipe pernambucana se recuperou na briga por uma vaga no G-8 da maior competição de base do basquete brasileiro. Agora, os comandados do técnico Ricardo de Oliveira somam 50 pontos e subiram para a 11ª posição, deixando o clube da capital paulista, que também possui 50 pontos, para trás nos critérios de desempate.

Sem poder contar com seus dois principais jogadores na competição até então, o ala/armador Vezaro, que se transferiu para o Joinville, e o ala/pivô Durval, machucado, o Sport contou com um poder de decisão do armador Vitinho para sair vencedor. Cria das categorias de base do clube, o jogador marcou 11 pontos, sendo sete deles no último quarto, e ainda distribuiu seis assistências.

“Antes da etapa começar, estávamos muito motivados pelo fato de jogar em casa. Nas duas primeiras partidas não tivemos boas atuações e ficamos frustrados com nosso desempenho. Conversamos muito antes do jogo de hoje e sabíamos que tínhamos que dar algo a mais para vencer. E foi exatamente o que aconteceu”, disse Vitinho.

Além do camisa 4, o pivô Coutinho, que registrou um duplo-duplo, com dez pontos e 12 rebotes, e o ala/pivô Érick, autor de 14 pontos e seis rebotes, também foram fundamentais para o triunfo dos rubro-negros.

O jogo começou com as duas equipes com muitas dificuldades para pontuar e o placar ficou parado em 2 a 2 por mais de quatro minutos. Na sequência, o Sport melhorou sua produção ofensiva e abriu 10 a 4 de frente. Mas greg não deixou barato para o Paulistano. Com sete pontos seguidos, o ala/pivô fez com que o time paulista virasse o placar (11 a 10). Porém no último lance do primeiro quarto, o pivô Coutinho anotou dois pontos e devolveu a liderança para os donos da casa (12 a 11).

Logo no início do segundo período, o time pernambucano chegou a abrir oito pontos de frente (22 a 14). Mas novamente o Paulistano não se entregou e conseguiu diminuir o prejuízo no placar. Os destaques individuais da parcial ficaram por conta do pivô Coutinho, do Sport, com seis pontos e seis rebotes, e do ala Igor, que saiu muito bem do banco de reservas e marcou cinco importantes pontos para a equipe de São Paulo. Depois de uma vitória por 18 a 17 no quarto, o clube rubro-negro fechou o primeiro tempo com dois pontos de frente: 30 a 28.

Durante o terceiro quarto, o duelo voltou a contar com uma grande quantidade de erro dos dois lados. Mesmo assim, o Sport conseguiu ampliar sua vantagem para 11 pontos (40 a 29). Mas ainda não era hora da equipe da casa ter tranquilidade. Do outro lado, Loro converteu dois arremessos de três pontos e voltou a diminuir a diferença no placar. Desta maneira, as equipes chegaram para os dez minutos finais com o jogo completamente em aberto, com o placar em 42 a 35 para os nordestinos.

O último período foi uma verdadeira batalha de nervos e o jogo foi decidido apenas em seus segundos finais. Com uma atuação impecável na parcial final, o armador Vitinho comandou a vitória rubro-negra. O Paulistano ainda teve a chance de empatar o placar e levar o duelo para a prorrogação, mas a jogada não saiu e enfim o Sport pode comemorar uma vitória ao lado de seu torcedor.

Redação MeuSport

  1. Heronides Alves Coelho Neto disse:

    É preciso que o time masculino do Sport tenha a mesma performance do basquetebol feminino.

    Pelo Sport sempre tudo.