Magrão faz milagres, defende três pênaltis e classifica Sport na Sul-Americana

por em às 1:06




Rodrigo Zovka 

Sonolento e apático. Assim foi o Sport durante todo o tempo regulamentar do Clássico dos Clássicos. Após tomar um gol no primeiro e outro no segundo tempo, o Leão perdia a vantagem adquirida na partida anterior, ocasionando assim uma disputa de pênaltis para definir a vaga na próxima fase da Copa Sul-Americana.

Atuando no 4-4-2, com Roger e Felipe Azevedo fazendo a dupla de ataque na primeira etapa, o Leão da Ilha não encontrou o seu melhor futebol, orquestrando apenas duas jogadas perigosas contra o gol do Náutico. E pelo mau futebol o time foi castigado, tanto é que no último lance antes de descer para os vestiários, o Sport tomou um gol.

Já na parte final, com a entrada de Marcos Aurélio, o time da Praça da Bandeira começou a sair mais para o jogo, com jogadas individuais do camisa 10, porém logo após isso, o Náutico em um golaço do atacante Oliveira fazia seu segundo tento, levando assim a disputa para os tiros da marca do pênalti.

Na hora dos dos pênaltis, Magrão fez a diferença. O goleiro Leonino defendeu três cobranças, das quatro realizadas. Primeiro o arqueiro defendeu a do Oliveira, depois a do Tiago Real, e na quarta cobrança do Náutico, o paredão da Ilha pegou o pênalti chutado pelo Rogério, levando assim o Sport para a fase internacional da competição.

E depois de eliminar os alvirrubros, nas oitavas de final o Sport irá medir forças contra o Libertad, equipe Paraguaia que eliminou o time do Mineiros de Guayana com duas vitórias(Uma por 2×0 no Paraguai e outra por 2×1 na Venezuela). O primeiro embate contra os Paraguaios será em Assunção, enquanto o jogo da volta será na Ilha do Retiro, com as datas ainda não definidas.

FICHA DO JOGO:

Na Arena Pernambuco, Náutico 2 x 0 Sport. Gols: Elicarlos e Oliveira. E nos pênaltis, Náutico 1 x 3 Sport(Belusso fez para o Timbu e Felipe Azevedo, Marcelo Cordeiro e Patric, converteram para o Leão).

NÁUTICO:  Ricardo Berna, Oziel(Derley), João Felipe(William Alves), Leandro Amaro, Bruno Colaço, Elicarlos, Martinez, Morales(Belusso), Tiago Real, Rogério e Olveira.

SPORT: Magrão, Patric, Tobi, Gabriel, Pery, Anderson Pedra, Rithely, Camilo(Patrick Silva), Lucas Luma(Marcelo Cordeiro), Felipe Azevedo e Roger(Marcos Aurélio).

Árbitro: Heber Roberto Lopes. Auxiliares: Marcio Santiago e Marcelo Van Gasse.

Cartões amarelos: Tóbi e Patric do Sport, e Leandro Amaro do Náutico.

Cartão vermelho: Pery, do Sport.

Público: 8.320. Renda: R$ 217.795.

 

  1. Antonio Cruz disse:

    Ainda tem torcedor que quer aposentar esse MONSTRO SAGRADO. Eu diretor, renovava por mais dez anos.

  2. JNUNES disse:

    Pessoal,
    O Martelottev deve ter problema pisicologico ele deve ser cego que não ver que a grande quandidade de passes errados foi do doido do Rithely,é incrivel porem é verdade os gol´s que o sport sofreu e os ataques perigosos teve seu vetor no nossoPerna de pau Rithely que so sabe moder o escudo com a cara de retardado, sport contrata um jogado que fica no banco porem é convocado para seleção do seu pais ,o tecnico não escala por pura Bira e a diretoria faz vista grossa, o Roger não joga nada porem o treinador é birrento e deixo o BurroRoger correr em campo como fosse praticar atletismo, Magrão a muito tempo que afirmo que deve ser feita uma estatuar na entrada do estadio se não é ele estariamos da serie “C”.

  3. Urariano Mota disse:

    Olhem “Magrão, o goleiro do Sport”, uma homenagem ao grande atleta aqui http://www.diretodaredacao.com/noticia/magrao-o-goleiro-do-sport

  4. Antonio disse:

    Roger, Rithely , Pery , Camilo , Patrick 1 e 2 , , no banco , Sandrinho, Chunacello , Erico Jr , Renan , Técnico burro e cego.