Equipe de Basquete feminino viaja para Argentina

por em às 10:42




MeuSport.com

A quatro meses do início da edição 2013/2014 da Liga de Basquete Feminino (LBF), o Sport, atual campeão, está arrumando as malas com destino à Argentina. A equipe de Roberto Dornelas viajará no próximo dia 11 para um roteiro de sete dias, sendo quatro deles destinados a treinos e jogos amistosos. Entre as equipes adversárias estão o Vélez Sarsfield e o Lanús.

A oportunidade surgiu em decorrência da não participação da equipe pernambucana no Regional de São Paulo, que está em andamento. Essa será a primeira viagem internacional do elenco rubro-negro como campeão brasileiro de basquete feminino. “Tivemos o contato com o pessoal da Argentina e viagem é sempre uma oportunidade de trabalhar melhor o grupo, porque tem mais tempo junto”, contou Dornelas, que aguarda uma definição da Federação Paulista de Basquete para bater o martelo sobre a possível inclusão das leoas no Campeonato Paulista.

Caso a participação no Paulista não se confirme, o Sport já tem um Plano B traçado para se preparar para a LBF, constando outras duas viagens internacionais. A ideia da equipe técnica é levar as atletas para a Europa, onde fariam uma série de amistosos contra equipes da Euroliga, e para os Estados Unidos, para aproveitar o contato com times da Liga Universitária Norte-Americana. “Além disso, ficaremos aqui, jogando os campeonatos que forem surgindo e apostando em amistosos com times masculinos. Há, inclusive, a proposta de um tour pelo Nordeste, só para jogar contra times masculinos”, adiantou o treinador rubro-negro.

Em Recuperação

A pivô Nádia Colhado, contratada no início desta temporada junto ao São José/Colinas Shopping, começou a treinar com o grupo rubro-negro nesta semana. Nádia estava se recuperando de uma cirurgia no pé esquerdo, fruto de uma fratura sofrida na fase final da última LBF. O incidente, inclusive, resultou no corte da atleta da seleção brasileira.

  1. Heronides Alves Coelho Neto disse:

    Espero que o basquete masculino siga a mesma performance do basquete feminino contratando bons atletas. Bom seria também que o Sport fizesse um bom time de voley tanto masculino como feminino.