Sport vence o Guarani e se aproxima do G4

por em 03/09/11 às 22:23




Retirado do NE10
 

Em dia de Bruno Mineiro, o Sport ganhou do Guarani-SP pelo placar de 3×1 na tarde deste sábado no estádio da Ilha do Retiro. O atacante rubro-negro marcou o segundo e o terceiro gol da vitória do Leão, enquanto Willians marcou o primeiro gol do Sport. Denílson marcou o gol de honra para o Guarani. Com o resultado a equipe rubro-negra chega aos 33 pontos na competição alcançando a quinra colacação. Ja a equipe bugrina continua na décima oitava posição com 23 pontos. Na próxima rodada o Sport encara o Barueri-SP na Arena Barueri, enquanto que o Guarani recebe o Vitória-BA na Fonte Luminosa.

O Sport deu sinal que iria passar fácil pelo Guarani. O cronômetro ainda não registrava um minuto de jogo, quando, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Willians, livre de marcação estufar as redes do gol de Emerson. A torcida explodiu de alegria e passou a jogar com o time. No primeiro instante, o time rubro-negro não decepcionou. Bem ajustada no sistema defensivo, a equipe bloqueou as jogadas do adversário e foi para o ataque, explorando bem as brechas deixadas pelo Guarani. O time campineiro ficou desarticulado. Foi para cima tentar o empate a todo custo e acabou cometendo erros infantis.

O Sport até que aproveitou bem as brechas da defesa paulista. Criou algumas situações de ataque, mas cometeu os mesmos erros de sempre nas finalizações. Aos 15 minutos, após cobrança de escanteio, Montoya cabeceou livre e o goleiro fez a defesa. Aos 22, Viçosa passou para Rithelly, que chutou e o goleiro defendeu. O time rubro-negro continuou com mais volume de jogo durante boa parte do jogo. Até que foi surpreendido com o gol do Guarani aos 40 minutos. Após bate-rebate na área, a bola sobrou para Denilson, que mandou para as redes. O time rubro-negro ainda teve a grande oportunidade da partida através de Willians. Aos 41, ele driblou os marcadores, invadiu a área e chutou para fora.

No segundo tempo, o Sport já voltou modificado. Saíram Montoya e Júnior Viçosa e entraram Maylson e Bruno Mineiro respectivamente. A mudança surtiu efeito logo de imediato e assim como no primeiro tempo o Leão chegou rápido ao gol. Após receber bola de Marcelinho Paraíba, Bruno Mineiro mandou para o fundo das redes de Emerson, fazendo o segundo gol do time na partida, o seu quinto gol no campeonato.

O gol reascendeu a torcida que ao fim do primeiro tempo havia vaiado o time. E com sua torcida jogando junto, a equipe rubro-negra passou a jogar melhor outra vez e criar as melhores chances do jogo.  Marcelinho Paraíba em jogada pela esquerda quase fez o terceiro gol. O domínio rubro-negro acabou por se concretizar no terceiro tento.  Em bola cruzada por Naldinho, Bruno Mineiro outra vez mandou para o fundo das redes, levantando os rubro-negros que estiveram presentes na Ilha do Retiro.

O gol deu mais tranquilidade ao Leão que ainda criou mais chances do que o Bugre, como o chute de Rithely aos 36 minutos. O volante fez boa jogada e mandou uma bomba. O goleiro espalmou. Nos minutos finais, o Guarani foi para o abafa, enquanto o Sport se segurou na defesa. Magrão ainda fez uma grande defesa após cobrança de escanteio. E, no lance seguinte, Tóbi evitou o gol do time paulista, garantindo o placar.

Ficha do jogo:

Sport: Magrão; Montoya(Maylson), César e Tobi; Renato, Rithely, Naldinho, Marcelinho Paraíba e Wellington Saci; Júnior Viçosa(Bruno Mineiro) e Willians(Paulista). Técnico: PC Gusmão.

Guarani: Emerson; Gabriel, Aílson e Aislan; Bruno Peres, Mika, Dadá, Felipe(Rodrigo Paulista) e Carlinhos; Denilson e Dairo(Assizinho). Técnico: Giba.

Local: Ilha do Retiro. Horário: 16h20. Árbitro: Manoel Lopo Garrido (BA). Assistentes: Belmiro da Silva e José Oliveira dos Santos (BA). Gols: Willians 1mim e Denílson aos 40min do primeiro tempo; Bruno Mineiro, aos 9 min e aos 29 min do segundo tempo. Público: 19026. Renda: R$ 134.970,00.