Reformas na Ilha do Retiro

por em às 0:12




Enquanto o nome do treinador não sai, a diretoria do Sport cuida dos primeiros detalhes estruturais para a próxima temporada. Ontem à tarde, os diretores do Departamento de Futebol se reuniram com o vice-presidente de Patrimônio, Otávio Coutinho, e, depois de uma rápida inspeção pelas instalações da Ilha do Retiro, informaram que o gramado principal passará por uma ampla reforma e os vestiários ganharão piso revestido por gramado artificial. Os trabalhos começam no final da próxima semana e devem durar cerca de 45 dias. A sala de musculação, aliás, já ganhou novas máquinas, mais modernas que as antigas.



Gustavo Bettini/Arquivo Folha

O diretor Homero Lacerda repassou que o orçamento ainda está sendo feito, mas adiantou que o serviço será executado em conjunto. Parte será obra do próprio clube e o restante do trabalho será feito por uma empresa especializada. Não é de hoje, os jogadores do Sport reclamam bastante das condições do gramado da Ilha do Retiro. A situação fica mais grave quando chove, pois o sistema de drenagem é deficitário. “Fizemos o mesmo trabalho em 2000 e vamos procurar deixar o piso em excelentes condições para a prática do futebol”, disse Homero Lacerda.

Quanto ao treinador, o dirigente rubro-negro declarou que não houve avanços no dia de ontem. Garantiu, porém, que a meta continua sendo a mesma. Neste caso, o Sport terá um novo treinador antes da próxima quinta-feira (20/10), data determinada para a reapresentação dos atletas. Gallo, dispensado do Santos recentemente, e Cuca, demitido pelo Coritiba na última terça-feira, seguem sendo os mais cotados para assumir o comando da nau vermelha e preta durante o Campeonato Pernambucano da Série A1 e o Campeonato Brasileiro da Série B do ano que vem.