Diretoria do Sport ganha tempo

por em às 0:04




A informação de que o presidente-executivo do Sport, Luciano Bivar, será o responsável por divulgar o nome do treinador do clube para a próxima temporada é mais uma forma de despistar a imprensa e ganhar tempo para continuar as negociações. O dirigente rubro-negro passou pela segunda cirurgia na coluna recentemente e está em fase de recuperação em Miami, nos Estados Unidos. Ou seja, ele está proibido pelos médicos de viajar e não deve colocar os pés em terras brasileiras tão cedo.


As notícias sobre as condições clínicas de Luciano Bivar foram repassadas pelo irmão Milton Bivar, que compõe o Departamento de Futebol do Leão da Praça da Bandeira. “Não existe isso de que Luciano Bivar vai anunciar o nome do treinador. Ele ainda vai demorar para retornar, porque a recuperação é longa. A verdade é que a direção está conversando com vários profissionais e não quer se precipitar. Não tem ninguém contratado, mas vamos fechar tudo na hora certa”, declarou Milton.


A dispensa de Cuca do Coritiba, na última terça-feira à noite, pode ter sido um dos motivos para o atraso do anúncio. Na primeira lista de opções feita pela direção rubro-negra, ele era o favorito. Foi cortado da relação por conta de um longo contrato com o Coxa e uma multa rescisória muito alta em caso de quebra do acordo entre as duas partes. O novo panorama, entretanto, muda tudo e as esperanças de contar com este profissional voltam com força total. “É um nome muito interessante e estamos conversando com ele, sim”, confirmou Milton Bivar.


Enquanto o “trabalho de prospecção” continua na Ilha do Retiro, Gallo segue de sobreaviso. Ele conversou com o vice de Futebol, Gustavo Dubeux, e o diretor Homero Lacerda, na última quarta-feira, em São Paulo, e agradou bastante. Estevam Soares também demonstrou capacidade para se adequar ao projeto apresentado pelos diretores leoninos, mas tem contrato com a Ponte Preta até o dia 4 de dezembro. Como a direção quer confirmar a contratação até o final de outubro, Estevam está praticamente descartado.


Diferentemente dos casos de Gallo e Estevam Soares, Márcio Bittencourt, o terceiro treinador que conversou com os diretores do Sport em São Paulo, não agradou. O ex-corintiano exigiu a possibilidade de indicar todos os componentes da comissão técnica e parece não ter dado prioridade ao Leão. “Fizemos a proposta e estamos aguardando a contraproposta da direção do clube. Deixei claro que recebi outros convites e estamos estudando o que seria melhor”, disse Bittencourt, indo na contramão das metas de trabalho traçadas por Homero Lacerda.