Xerife Sandro está de volta

por em às 7:34




Um reencontro após quase dez anos. Ontem, o zagueiro Sandro pisou novamente no gramado que o revelou para o futebol. “Lembrei dos meus antigos companheiros logo que entrei aqui”, revelou o jogador que conquistou três títulos pernambucanos e um da Copa do Nordeste pelo Rubro-Negro.

Sandro começou nos juniores do Sport em 1989, mas só teve sua primeira oportunidade na equipe profissional em 1991, com Givanildo Oliveira, hoje técnico do Santa Cruz. O grande ano de Sandro no Rubro-negro foi 1994, quando ele atuava ao lado de Juninho Pernambucano, Leonardo, Adriano entre outros. “Sinto muita saudade daquele tempo”, relembra saudosamente o zagueiro e com razão. Naquele ano, o Leão montou um grande time que revelou craques que se espalharam para vários times do Brasil. Entre esses estava o próprio Sandro, na época com 21 anos. Dali ele foi direto para o Santos e depois tantos outros grandes clubes.

De volta a casa, Sandro promete bastante empenho e, principalmente, títulos no ano do centenário rubro-negro. “Aqui me sinto em casa. O homem tem que viver em busca de objetivos e o meu é conquistar o Campeonato Pernambucano e a Série B”, afirmou o zagueiro.

Faltando 12 dias para o início do Estadual, Sandro espera que sua regularização saia o mais rápido possível. “Uma transferência internacional é sempre difícil, mas eu saí tranqüilo e deixei muitos amigos por lá. Acho que não vai demorar não”.

Mesmo depois de dez anos rodando por clubes não só do Brasil, mas do estrangeiro também, Sandro garante que não mudou nada. “É o mesmo Sandro, só que um pouco mais experiente. Vou mostrar a mesma raça que apresentei no Botafogo”, garantiu.