Sport `mandou` no hóquei em 2004

por em às 7:54




Se no futebol, o ano foi para ser esquecido pelos rubro-negros, pois o Leão correu o risco de ser rebaixado para a terceira divisão do Campeonato Brasileiro, no hóquei sobre patins, a história foi diferente. Em 2004, o Sport conquistou quatro campeonatos nacionais, sendo três no masculino (pré-mirim, infantil e juvenil) e um no feminino, na categoria adulto. As conquistas foram recheadas de destaques individuais e de muita emoção.

No pré-mirim (sub-13), em Sertãozinho-SP, mesmo com um time inexperiente, o Sport obteve a taça de campeão, após desbancar os favoritos Internacional e Sertãozinho, o dono da festa. Já no juvenil, também em Sertãozinho, a equipe leonina era uma das mais fortes da competição, tanto que terminou o campeonato de forma invicta, com o melhor ataque (36 gols), a melhor defesa (4 gols) e o artilheiro, o atacante Lucas Gouveia, de 17 anos, com 14 gols.

Destaque em uma categoria acima da sua, Lucas também não fez feio na sua turma de origem. Na final do Brasileiro Infantil (sub-17) contra o Sertãozinho, no Clube Português, ele alegrou os pernambucanos ao marcar o gol da vitória rubro-negra por 2×1, a quatro segundos do final. “Foi na base do coração”, desabafou.

No feminino, o título conquistado pelas meninas, também em Sertãozinho, teve sabor especial. Três atletas do grupo campeão nacional, Bruna Selva, Gabriela Didier e Mariana Cabral, foram convocadas para a seleção brasileira que, em setembro, sagrou-se vice-campeã mundial na Alemanha. E não parou por aí. Fruto de suas atuações no Mundial, Mariana, vice-artilheira do Brasil, com oito gols, e Bruna, foram contratadas pelo Nortecoop de Portugal, onde assinaram contrato por um ano.

No âmbito local, o Sport foi campeão em todas as categorias (ver quadro abaixo), só perdendo no adulto, para o Náutico. Após ficar inativo no hóquei por 40 anos, o Timbu conquistou o título do Pernambucano com muita raça, visto que perdia o jogo decisivo para o Sport por 4×3 até os 16 segundos finais, quando Erick Pires empatou a partida. Na decisão por pênaltis, os alvirrubros venceram por 3×2.