Vôlei – Unicap pode perder os pontos e ficar fora

por em às 0:04




Depois de ter tido seu andamento suspenso, o Campeonato Pernambucano Adulto Feminino de Vôlei pode, enfim, chegar ao seu final. Só não se sabe ainda quais serão os finalistas. A Federação de Voleibol do Estado de Pernambuco (Fevepe) está analisando um pedido de retirada dos pontos da Unicap por atuação irregular de jogadoras. Se a punição for confirmada, AABB é a bola da vez para decidir o título com o Sport.

No início da tarde de ontem, a Fevepe decidiu confirmar a vitória por WO da Unicap sobre o Sport, na terceira partida da segunda fase, realizada no dia 8 deste mês. Com isso, as universitárias somariam duas fases contra uma do Sport, credenciando-se para decidir o título. Contudo, o time rubro-negro entrou com um recurso junto à entidade, informando que a equipe universitária está competindo com três jogadoras em situação irregular, fato comprovado pela entidade que a desclassificou.

“A Católica tem no seu grupo três meninas que estão inscritas por outros clubes: Daniela Valadares, vinculada à AABB, Marcela Moreira, ao Náutico, e Amilka da Silva, ao Centro Poliesportivo Olímpia, até 31 de dezembro”, explicou o diretor-técnico da Fevepe, Rodolfo Albuquerque. Ele reconhece que essa fiscalização cabe à Federação, mas que a entidade não tem meios para fazê-la com precisão. “O clube inscreve seus atletas, mas na hora da partida não precisa mostrar a carteira de filiação, apenas um documento de identidade. A súmula vem para a Federação, mas não dá para olhar e conferir cada uma delas após cada jogo”, confessou.

No fim da tarde, Rodolfo comunicou que, para evitar má interpretação dos termos do regulamento, o pedido estava sendo estudado pelo departamento jurídico da Federação.

A Unicap informou que o empréstimo de atletas mediante autorização dos clubes de origem é uma prática comum em campeonatos abertos e por causa disso não irá entrar em polêmica. “Nosso objetivo maior em participar dessas competições é educar. Se existem pessoas dentro do esporte amador que não seguem esse objetivo, não vamos bater de frente com elas”, declarou, comedido, o coordenador de esportes da instituição, Fernando Lapa.

Para o treinador da Unicap, Celso Assumpção, a medida visa a privilegiar alguns clubes. “A AABB, que jogou contra nós e contra o Sport, tem uma jogadora do Osasco/Finasa e nem por isso alguém quis desclassificá-la. Vale lembrar que o Sport, prevendo essa estratégia, inscreveu às pressas a jogadora Carla Uchimura, sexta-feira, mesmo tendo a atleta jogado a competição inteira pelo Náutico”, acusou.