Dívida causa corte na luz do clube

por em 21/10/04 às 8:26




Por conta do atraso no pagamento das contas de energia elétrica, a Companhia Elétrica de Pernambuco (Celpe) cortou o fornecimento de luz do clube. A empresa cortou a energia da sede monumental e do parque aquático do clube na manhã de ontem. O campo da Ilha do Retiro não ficou às escuras.

“Resolvemos cortar o fornecimento de energia elétrica porque o Sport atrasou duas contas. No início da tarde uma pessoa do setor administrativo do clube ligou para nós, fez um acordo e resolvemos religar a parte da sede. Mas o parque aquático continua desligado”, explicou o superintendente de operações da Celpe, Gustavo Alencar. Ele não quis falar o montante devedor do Rubro-negro.

O vice-presidente executivo do Sport, Guilherme Albuquerque, afirmou que não há motivos para desespero. “Era para o clube ter pago a parcela na segunda-feira, atrasamos um pouco e eles resolveram cortar. Mas já conversamos com a Celpe a tudo indica que ainda hoje (ontem) seja tudo normalizado”, disse. Entretanto, até ontem à noite, a luz ainda não tinha voltado.

Guilherme aproveitou para criticar a situação pela qual passa o Sport. “Quando assumimos o clube (ele e o presidente Severino Otávio, o Branquinho), o clube tinha um débito de R$ 300 mil com a Celpe, e nós quitamos”, desabafou. Provavelmente hoje, Branquinho vai assinar um novo contrato renegociando a dívida com a companhia pernambucana.